MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Japão põe Cuba na sua longa lista negra 02 Julho 2020

A partir de hoje, pessoas provenientes de dezoito países, entre os quais Cuba, estão proibidas de entrar no Japão. A lista de países banidos, que atinge 192, inclui os membros da União Europeia onde o império nipónico está na lista branca dos países "seguros".

Covid-19: Japão põe Cuba na sua longa lista negra

O Japão baniu a partir deste 1º de julho a entrada de dezoito países: Costa Rica, Cuba, Grenada, Guatemala, Guiana, Haiti, Jamaica, Nicarágua, Saint Vincent & Grenadines; Argélia, Eswatini, Camarões, Senegal, República Central Africana, Mauritânia; Iraque, Líbano; e R. Geórgia.

Em sentido oposto, o Vietname foi esta semana retirado dos países banidos. Também a retirada da infame lista está a ser negociada com a Austrália, Nova Zelândia e Tailândia. Estes quatro países têm o vírus sob controlo, justifica o império oriental.

A porta fechada a oriente contrasta com a situação favorável de que o mesmo Japão goza: tem entrada livre na maior parte dos países.

E a partir de hoje, se for avante a medida ontem anunciada em Bruxelas, tem entrada na União Europeia, onde foi classificado como país "seguro" (Covid-19: Europa abre 4ªfª a 14 países "seguros" — EUA, Brasil e China fora, 01.jul.020).

As primeiras reações começam a surgir nas redes socais. Abundam as críticas à "política isolacionista" que o Japão é acusado de alimentar. Um fenómeno a acompanhar.
...

Fontes: Japan Times/Arquivo. Foto (AFP) do principal aeroporto japonês, onde desde março os aviões estão em terra.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project