ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: PR garante que doença em Cabo Verde está “sob controlo” mas pede melhorias 20 Junho 2020

O Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, afirmou hoje que a pandemia de covid-19 no arquipélago está “sob controlo”, embora admita a necessidade de “melhorias” no combate, desde logo com o comportamento responsável da população.

Covid-19: PR garante que doença em Cabo Verde está “sob controlo” mas pede melhorias

“Evidentemente que se pode sempre especular se podíamos estar numa situação melhor ou não. Mas é uma situação sob controlo, mas isto não depende apenas do trabalho das autoridades de saúde, da proteção civil, do Governo. Para continuarmos numa situação de controlo da epidemia e para eventualmente baixarmos os níveis de propagação, tem que haver a colaboração, que é fundamental, das pessoas”, afirmou Jorge Carlos Fonseca.

O chefe de Estado cabo-verdiano falava aos jornalistas após uma visita no bairro da Achada de Santo António, centro da Praia, aos locais em que decorre a massificação de testes rápidos à circulação do novo coronavírus na comunidade e imunidade à covid-19.

Apelou à “responsabilidade individual” dos cabo-verdianos para “proteger o país”, quando se multiplicam críticas generalizadas às multidões que continuam a registar-se na Praia, apesar dos alertas das autoridades.

A acompanhar a visita do Presidente da República esteve o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, que destacou a forte adesão da população, no último mês, à realização destes testes rápidos – que não são de diagnóstico -, levados a cabo pela proteção civil, autoridades de saúde e Cruz Vermelha de Cabo Verde.

“Já realizamos só aqui na cidade da Praia cerca de 16.000 testes, não só nos bairros como nas instituições (…) O objetivo principal é avaliar a circulação do vírus na comunidade”, explicou.

Cabo Verde regista um acumulado de 863 casos de covid-19 em três meses (primeiro caso diagnosticado em 19 de março), que provocaram oito óbitos, enquanto 377 já foram considerados recuperados.

Um cenário que o chefe de Estado descreveu como “bastante razoável”, mas insistindo na necessidade de a população cumprir com as regras de higiene sanitária e de distanciamento social.

“Basta que 10% [da população] não cumpra as regras para que isso possa ter efeitos tremendos, terríveis”, sublinhou Jorge Carlos Fonseca.

A massificação dos testes rápidos, sobretudo na cidade da Praia, que concentra 622 casos acumulados da doença, é uma opção que o Presidente da República, após visitar os locais de teste, em tendas montadas pela Cruz Vermelha, defendeu como “importante para que Cabo Verde possa conter até onde for possível a progressão da epidemia”.

“Nestas coisas não devemos ser imprudentes quando fizermos as avaliações. Até ao momento, o número de casos positivos que nós temos, o número de pessoas recuperados, o número de óbitos, podemos considerar que a situação está sob controlo”, afirmou ainda Jorge Carlos Fonseca.

A pandemia de covid-19 já provocou cerca de 460 mil mortos e infetou mais de 8,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Asemana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project