SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: PR pede reforço na fiscalização durante campanha eleitoral 25 Mar�o 2021

O Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, pediu hoje o reforço e fiscalização das medidas de prevenção da covid-19 devido ao período de campanha eleitoral para as legislativas de 18 de abril.

Covid-19: PR pede reforço na fiscalização durante campanha eleitoral

Segundo escreve a Lusa, numa mensagem divulgada esta manhã na sua conta oficial na rede social Facebook, o chefe de Estado explica que está a “manter contactos próximos com as autoridades de saúde”, nomeadamente “para acompanhamento da situação epidemiológica resultante da covid-19”.

“Sobretudo neste período de aproximação de eleições e de campanhas políticas, necessário se mostra o reforço das medidas de prevenção do contágio por parte das autoridades, incluindo as de fiscalização do cumprimento das diretivas, devendo, igualmente, haver uma clara articulação entre as autoridades sanitárias e as que dirigem e fiscalizam as operações eleitorais”, apelou.

A campanha eleitoral para as eleições legislativas de 18 de abril arranca dentro de uma semana, mas os vários partidos concorrentes já estão há vários dias em ações de pré-campanha no terreno, que mobilizam centenas de pessoas nas várias ilhas, em alguns casos com o visível incumprimento das regras de prevenção à transmissão da covid-19, como distanciamento social, aglomerados ou uso de máscara.

“Os cidadãos deverão manter e reforçar os comportamentos adequados e exigidos pelos responsáveis do país em matéria de saúde, dependendo deles, afinal, o sucesso desta luta crucial para a nossa vida e o nosso bem-estar coletivo e individual”, acrescentou Jorge Carlos Fonseca, assumindo que “nada pode ser mais importante do que o combate à epidemia”.

As autoridades sanitárias cabo-verdianas diagnosticaram mais 106 infetados pelo novo coronavírus na quarta-feira, o valor diário mais alto desde 29 de janeiro (113 casos), elevando para 16.661 o total de casos desde 19 de março de 2020, com um acumulado de 163 óbitos por complicações associadas à doença.

O arquipélago regista hoje 596 casos ativos da doença e soma 15.889 considerados recuperados, enquanto dois infetados, estrangeiros, foram transferidos para os países de origem.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project