INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid nos EUA: Trump pós-infetado tem 1º comício na Flórida e orações evangélicas da África anglófona 15 Outubro 2020

O comício de Trump em Miami, na noite de 2ªfª, 12, marca o seu regresso à campanha eleitoral em presença, onze dias depois de diagnosticado com Covid e uma semana após ter tido alta do hospital. Isto não obstante a Comissão dos Debates Presidenciais ter cancelado há dias (6ª fª, 9) o debate Trump-Biden previsto para esta quinta-feira, 15, em Miami, depois que o presidente recandidato recusou debater por videoconferência.

Covid nos EUA: Trump pós-infetado tem 1º comício na Flórida e orações evangélicas da África anglófona

As imagens televisivas mostraram os milhares de apoiantes do presidente a festejá-lo no comício de Sanford, Miami. Zero-distância social, muito poucas máscaras anti-Covid. Aliás, a mensagem de Trump sobre a Covid mantém-se inalterada, apenas uma semana após ter estado hospitalizado com diagnóstico de infeção grave por coronavírus.

O discurso de Trump no Estado floridiano, onde se regista mais de 15 mil óbitos, foi no entanto auto-encomiástico, de auto-elogio à gestão da pandemia que já fez nos Estados Unidos mais de duzentas e vinte mil vítimas mortais e mais de oito milhões de infetados.

"Sob a minha liderança, vamos ter a vacina eficaz e segura e a cura incrivelmente rápida", voltou a reafirmar sobre o fármaco e a vacina prometidos para antes do dia 3-11, contra todas as previsões das autoridades sanitárias.

Orações de televangélicos

A três semanas da eleição presidencial de 3 de novembro, líderes evangélicos da África anglófona, Nigéria e Quénia, destacam-se pelo apoio ao presidente dos Estados Unidos.

Trump é uma figura apreciada na Nigéria e Quénia, demonstrou uma sondagem há meses. E entre os seus simpatizantes nigerianos e quenianos ninguém parece incomodado com os qualificativos (como "países falhados", "lugares de .....") que Trump proferiu contra a África.

"Oremos por ele [Trump] porque quando Deus eleva um dos seus filhos, muitas vezes o inferno procura fazer tudo para o destruir", disse o pastor Chris Oyakhilome, durante um sermão, na Nigéria. Este um destacado televangélico tem milhões de seguidores também nos Estados Unidos, refere a BBC.

Este apoio ao presidente destaca-se tanto mais por se tratar de Trump que em várias ocasiões tem expressado desprezo pelo continente-berço da humanidade (EUA: “Voltem aos vossos países” de Trump a 4 congressistas democratas quis defender Israel que dispensa e critica ’racismo’ do presidente, 17.jul.019). Ou tratar-se-á tão-só de mero discurso para apaziguar, contentar e arrebanhar fiéis entre os supremacistas e similares?

Fontes: BBC/NCBC/ . Fotos Getty: Líderes da ’Iniciativa Evangélica na Casa Branca’ oram com Trump. O comício de segunda-feira na Flórida.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project