SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Crianças Desaparecidas: “Alguém deixou de cumprir sua responsabilidade” – primeira-dama 02 Junho 2019

A primeira-dama, Lígia Fonseca, disse hoje,01, em declarações exclusivas à Inforpress, que o fato de estarem crianças desaparecidas no país significa que “alguém deixou de cumprir a sua responsabilidade”.

Crianças Desaparecidas: “Alguém deixou de cumprir sua responsabilidade” – primeira-dama

Lígia Fonseca fez tais declarações à margem da Gala Padrinho SOS 2019 promovida pelas Aldeias SOS de Cabo Verde, na Assembleia Nacional, na Cidade da Praia, evento enquadrado nas comemorações dos 35 anos da Aldeia Infantis SOS de Cabo Verde e do Dia das Crianças, que se assinala hoje.

“Esta é uma dor que todos carregamos, mesmo os que não tenham conhecido pessoalmente essas crianças, são crianças nossas (…) na nossa terra que é conhecida como uma terra de paz, de muita segurança aconteceu este fato que nos deixa a todos muito apreensivos, afirmou.

Segundo a mesma fonte, Lígia Fonseca aproveitou ainda para deixar o seu “carinho” e “conforto possível” aos familiares dessas das crianças desaparecidas, lançando, ao mesmo tempo, “um forte apelo” a todos os pais, a todas as pessoas que têm crianças sob a sua responsabilidade, “que sejam mais atentas, que tenham mais cautela e que se preocupem mais com as crianças” que estão sob o seu cuidado.

“Porque nós somos responsáveis pela segurança dessas crianças e o fato de duas delas estarem desaparecidas significa que alguém deixou de cumprir a sua responsabilidade e isto não pode acontecer porque quando nós falhamos quem sofre essas consequências são as crianças, portanto nós não temos segundas hipóteses, segundas oportunidades”, acrescentou.

Prosseguindo, Lígia Fonseca defendeu que as pessoas devem ser “mais atentas”, enquanto pais, enquanto encarregados de educação e responsáveis, não só pelas suas crianças, mas também pelas crianças que vivem ao seu redor.

“A nossa vida não é só a nossa família. Nós estamos inseridos numa comunidade, numa cidade e, portanto, temos a obrigação de nos preocupar com o bem-estar de todos, principalmente dos que pela sua idade são os mais vulneráveis que são as crianças”, acrescentou.

Gala Padrinho SOS

Quanto à Gala Padrinho SOS 2019, Lígia Fonseca afirmou que é convidada sempre a participar nesse evento na qualidade de madrinha de honra das aldeias SOS.

“É um momento que as aldeias SOS aproveitam para agradecer os padrinhos por todos os contributos que têm dado para ajudar as aldeias SOS. Esta data hoje, calha num dia muito especial que é o dia das crianças”, acrescentou.

Sobre os 35 anos das aldeias SOS, comemorada sob o signo responsabilização parental, a primeira-dama ressaltou que se trata de um dia em que se deseja que todas as crianças possam ter os cuidados necessários, nomeadamente a segurança para poderem desenvolver-se num “clima de muita paz”, de “muita tranquilidade”, de maneira que o seu desenvolvimento possa ser “um desenvolvimento são”, conclui a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project