LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Crianças e poços: É evitável a tragédia 07 Maio 2022

Mais uma criança morreu por ter caído num poço que devia estar devidamente vedado e tapado. Esta sexta-feira a tragédia deu-se numa terra do norte de Portugal: uma menina de seis anos morreu de uma queda num poço de 15 metros enquanto os pais, perto, mondavam os terrenos à volta da casa.

Crianças e poços: É evitável a tragédia

O acidente ocorreu pouco depois das dez horas e os socorros — bombeiros, ambulância, médico — chegaram antes das onze. Os bombeiros conseguiram retirá-la de imediato do fundo do poço, mas a criança não resistiu aos ferimentos. O óbito foi declarado pouco depois das onze e meia, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu adiantou ao Jornal de Notícias.

"À nossa chegada havia uma criança de seis anos que tinha caído no poço, o pai estava a tentar fazer o resgate e tivemos que o retirar do local. Com os nossos meios, retirámos a menina", explicou o comandante dos Bombeiros de Moimenta da Beira, concelho do distrito de Viseu.

As autoridades suspeitam que a menina terá caído por um buraco existente na tampa, já que o poço, com 13 metros de altura e dois de água em profundidade, estava tapado.

"Nós tivemos que retirar a tampa de cimento que tinha por cima, no entanto, há um orifício no meio dessa tampa. As autoridades estão a tentar apurar se estaria aberto, se terá cedido com o peso da criança. Terá sido por esse orifício que a criança caiu", disse ao JN o comandante dos Bombeiros.

Fontes: JN/...Relacionado: Trabalho de Hércules para retirar do fundo do poço menino de 5 anos, 06.fev.021.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project