SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Criminilidade no Sal: Tribunal manda para cadeia dois suspeitos de abuso sexual a quatro crianças, sequestro e roubo com violência 23 Mar�o 2019

O Tribunal da Comarca do Sal manda para cadeia dois homens acusados de abuso sexual a menor, sequestro, ameaças e roubo com a violência. As vítimas são quatro crianças, algumas das quais violadas com penetração e de forma continuada. Um dos suspeitos que tinha fugido para a Capital já foi capturado e entregue ao Poder Judicial na ilha mais turística de Cabo Verde.

Criminilidade no Sal: Tribunal manda para cadeia dois suspeitos de abuso sexual a quatro crianças, sequestro e roubo com violência

Continua a onda da criminalidade no Sal com o surto sobretudo de violação de menores. É que a Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Sal – DICS – , deteve, esta quinta-feira, 21, fora de flagrante delito, na cidade de Santa Maria, um indivíduo do sexo masculino, de 20 anos de idade. Este é suspeito da prática de três crimes de abuso sexual de criança, dois dos quais com penetração e um na sua forma continuada, ocorridos entre janeiro e dezembro de 2018.

«O detido foi presente, esta sexta-feira, 22, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação pessoal, tendo-lhe sido aplicado Prisão Preventiva», diz em comunicado a PJ.

O documento acrescenta que um segundo homem, de 27 anos, foi também detido, esta quinta-feira, 20, fora de flagrante delito, em Achada Grande Frente, Praia, em cumprimento de um mandado emitido pelo Ministério Público do Sal, e conduzido sob custódia pelos Inspetores da Polícia Judiciária àquela ilha.

Segundo a mesma fonte, o indivíduo é suspeito da prática de um crime de Agressão Sexual, em coautoria, três crimes de Roubo (com violência exercida sobre pessoas), em coautoria, um crime de sequestro, um crime de ofensa à integridade física simples e um crime de ameaça, cometidos em dezembro de 2018, em Santa Maria, na Ilha do Sal.

«Após o cometimento dos crimes, apercebendo-se de que estaria a ser investigado pelo DICS, o suspeito terá fugido para a cidade da Praia, onde acabou por ser localizado e detido por inspetores da PJ, na Praia, a pedido do DICS. O detido foi presente esta sexta-feira, 20, ao Tribunal da Comarca do Sal, que lhe aplicou como medidas de coação pessoal, Prisão Preventiva», conclui a PJ.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project