POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Debate na AN: Ulisses Silva sustenta que Cabo Verde teve nos últimos anos um “crescimento sustentável também inclusivo” 30 Maio 2019

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje,29 (ver discurso na rubrica Registos deste jornal), que Cabo Verde teve um “crescimento sustentável também inclusivo” durante a governação do Movimento para a Democracia (MPD), iniciada em 2016.

Debate na AN: Ulisses Silva sustenta que Cabo Verde teve nos últimos anos um “crescimento sustentável também inclusivo”

O chefe do atual governo do MpD falava em declarações à imprensa, após os trabalhos da Sessão Ordinária da Assembleia Nacional, que arrancou esta quarta-feira e termina no dia 31 de Maio. A mesma tem em agenda o debate com o primeiro-ministro - já realizado, a aprovação de várias propostas de leis, projectos e resoluções.

“Cabo Verde, efectivamente, teve um crescimento sustentável e um crescimento sustentável também inclusivo”, disse Ulisses Correia e Silva, para quem se está perante um crescimento que tem beneficiado as pessoas.

O líder do Governo diz que tem havido “claramente” um aumento do rendimento das famílias, um aumento médio de 5% nos últimos anos, assim como um aumento do consumo.

“Para além disso, nós estamos a investir fortemente em políticas inclusivas que beneficiem as famílias mais carenciadas, as famílias com dependentes a cargo, em caso de crianças, casos de deficientes, idosos”, acrescentou.

Tudo isto está de facto, de acordo com Ulisses Correia e Silva, a ter impacto, para além daquilo que é o resultado do crescimento económico.

O primeiro-ministro apontou ainda para políticas inclusivas, que fazem com que haja mais rendimentos disponíveis para as pessoas.

“Há mais dinheiro a circular na economia, claramente, mais oportunidades, mais investimentos que as empresas também estão a fazer”, continuou o chefe do Governo, acrescentando que “há mais investimentos e uma atenção muito especial no desenvolvimento local e regional”.

Ulisses Correia frisou, entretanto, que o seu partido está ainda com apenas três anos de governação, tendo ainda mais dois anos e que não tem dúvidas que irão “avançar ainda mais e produzir ainda mais resultados para os cabo-verdianos”.

“As pessoas estão a sentir isso. O último inquérito de confiança elaborado pelo INE demonstra que os cabo-verdianos, na sua generalidade, estão com mais confiança na economia cabo-verdiana e estão com mais confiança porque se sentem os efeitos de que a sua situação financeira está a melhorar. Portanto, a avaliação não pode ser conforme o sentimento da oposição”, enfatizou.

Ulisses Correia disse ainda saber que a oposição “tem sido muito negativista”. “Quanto pior para eles melhor. Querem passar uma imagem de um país estagnado, não é isto que está a acontecer”, pontuou.

Mais adiante, o primeiro-ministro garantiu que o país está a crescer e que os rendimentos estão a atingir as pessoas.

Programa de habitação e propaganda

“Quando falo de rendimento, não é só melhoria de condições de dinheiro para as pessoas, mas de rendimentos em termos de transferências sociais, em termos de acesso gratuito à educação, uma perspectiva de até 2021 virmos a ter até 53 mil crianças e adolescentes isentos de pagamento das propinas, isto é ma transferência de renda para engrandecer um acesso facilitado à educação”, acrescentou.

Programa de habitação e propaganda

Em termos de habitação, avançou Ulisses Correia que o seu governo está a reabilitar e que a perspectiva até 2021 é de poder atingir 6000 casas das pessoas mais carenciadas.

O rendimento social de inclusão visa, segundo o PM, reduzir em cerca de 80% o número de pessoas ou famílias em situação de extrema pobreza. Isto, disse, “são políticas, de facto, que estão a produzir efeitos, estão a produzir resultados e atingir as pessoas”.

Quanto à polémica em torno das recentes propagandas do governo, Ulisses Correia afirmou: “Nós não estamos a fazer publicidade enganosa, nós estamos a comunicar o país, a falar verdade, nada daquilo que estão sendo comunicado é falso, é o sentimento dos cabo-verdianos”. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project