ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Debate sobre políticas públicas para o campo: Líder da oposição denuncia perda de oportunidade para adopção de estratégia ousada para meio rural 27 Maio 2020

A líder da oposição questionou, hoje, durante o debate parlamentar com o Primeiro-ministro, as “Políticas Públicas do actual governo para o mundo rural e medidas para o contexto de emergência”. Janira Hopffer Almada concluiu que, estes quatro anos terão sido uma oportunidade perdida para se fazer uma abordagem muito mais inteligente, ousada e estratégica dos impactos das mudanças climáticas e das secas cada vez mais frequentes e severas em Cabo Verde.

Debate sobre políticas públicas para o campo: Líder da oposição denuncia perda de oportunidade para adopção de estratégia ousada para meio rural

«Para nós, este Debate sobre o mundo rural, mais do que oportuno, é necessário, precisamente porque é lá onde vive uma boa parte das famílias, é lá que a pobreza é sentida de forma mais acutilante e é lá onde os três anos consecutivos de seca têm flagelado, com mais veemência, e as nefastas consequências económicas e sociais são sentidas com muito mais acuidade», contextualizou.

Ao confrontar o chefe do governo sobre as políticas públicas para o setor, a presidente do PAICV questionou quantos agricultores e criadores de gado formam beneficiados com o montante de 1 milhão e cem mil contos mobilizados para financiar o Plano de Mitigação da Seca, bem como o número de emprego assegurado para garantir algum rendimento às famílias do mundo rural.
Janira Hopffer Almada lembrou que, nos últimos 4 anos, o Governo falou muito do aumento do número de turistas em Cabo Verde e que resolveu os problemas dos transportes do país. Por isso, perguntou em que medida as potencialidades fornecidas pelo sector do turismo foram aproveitadas pela agro-pecuária e para a empresarialização do setor e a indústria agro-alimentar. Confrontou ainda o PM sobre Parques Científicos e Tecnológicos de Agropecuária construídos, a taxa de penetração das energias renováveis registada nesta legislatura e que novas áreas de produção agrícola foram beneficiadas com a rega gota-a-gota no país.

Para a presidente do PAICV, não é, no entanto, razoável, que o Governo, por causa desta Pandemia de Covid19 e seca, tente mudar a realidade das coisas e justificar tudo o que não fez nestes últimos 4 anos, quando os ventos estavam calmos e bastante favoráveis.

« Estes 4 anos terão sido uma oportunidade perdida para se fazer uma abordagem muito mais inteligente, ousada e estratégica dos impactos das mudanças climáticas e das secas, estas cada vez mais frequentes e severas. Terão sido uma oportunidade que o Governo não aproveitou para promover a mudança da gestão das crises (resultantes das secas), e para implementar um ambicioso programa para, globalmente, fazer face às mudanças climáticas, aliás adentro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pelas Nações Unidas», alertou Janira Hopffer Almada.

Referindo-se à importância do debate parlamentar de hoje com o chefe do governo, a líder do maior partido da oposição justificou que o objectivo é avaliar o desempenho do executivo de Ulisses Carreia e Silva nos últimos quatro anos no mundo rural. «Hoje, estamos cá para avaliar, honestamente, o desempenho do Governo nesses últimos 4 anos de governação e entender melhor as medidas que pretende adotar para fazer face às graves consequências sanitárias, económicas e sociais que a pandemia da Covid-19 veio colocar a todos nós, particularmente ao mundo rural», concluiu a presidente do PAICV.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project