Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

“Deixo Santiago com uma ideia positiva para o dia 17” – Fernando Delgado 13 Outubro 2021

No último dia da campanha eleitoral em Santiago, terça-feira, 12, com efeito, Delgado deu “especial atenção” ao sector da cultura e admitiu que o sistema de gestão do Ministério da Cultura deve ser alvo de uma reestruturação, que leve à criação de uma estratégia a favor dos agentes culturais.

“Deixo Santiago com uma ideia positiva para o dia 17” – Fernando Delgado

No último dia da campanha eleitoral em Santiago, terça-feira, 12, com efeito, Delgado deu “especial atenção” ao sector da cultura e admitiu que o sistema de gestão do Ministério da Cultura deve ser alvo de uma reestruturação, que leve à criação de uma estratégia a favor dos agentes culturais.

“Há que criar um método em que os artistas procedem aos descontos para a segurança social para que quando chegarem a uma idade avançada tenham acesso a uma reforma igual a qualquer outro funcionário”, sugeriu o candidato que, caso for eleito, prometeu dar “grande atenção” à cultura.

Num balanço dos quatro dias em que fez campanha eleitoral na ilha de Santiago, o candidato a Presidente da República disse ter sido recebido “de braços abertos” e que “muita gente” estava convencida de que era natural de São Domingos, por “estar sempre na ilha”.

“Recebi mensagens de incentivo do tipo ‘é de ti que precisamos’, ‘és do terreno, temos garantia’ e é claro que vou de Santiago igual como saí de Santo Antão, Sal e Boa Vista”, considerou.

Questionado se muda algo na sua estratégia de campanha nesta recta final, Fernando Delgado disse que vai manter “a mesma ideologia, a mesma vontade e entrega total”, para mostrar aos cidadãos os objectivos da candidatura, que tem “o rosto virado para o povo cabo-verdiano”.

“Só peço às pessoas para prestarem atenção aos desígnios da minha candidatura, que são ajudar a resolver os problemas da segurança, justiça, educação, saúde e desemprego nos jovens, ou seja, resolvidas estas questões teremos a paz de que Cabo Verde necessita”, sintetizou.

Hoje, o candidato faz campanha eleitoral no Monte Sossego e outras zonas da redondeza e na quinta-feira, 14, regressa à ilha de Santo Antão, agora com foco no concelho do Porto, após ter visitado os concelhos do Paul e da Ribeira Grande.

Às eleições presidenciais de 17 de Outubro nos dois círculos eleitorais, nacional e estrangeiro, concorrem sete candidatos: Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta para um segundo mandato, com 74% dos votos. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project