ESPECIAIS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Delegado de Saúde exorta porto-novenses a não baixarem a guarda nas festas de São João 22 Junho 2022

O delegado de saúde do Porto Novo, Carlos Dias, exorta os porto-novenses no sentido de não baixarem a guarda durante as festas de São João que, por juntar uma multidão, pode contribuir para uma nova vaga de casos de Covid-19 neste concelho, onde a situação epidemiológica está controlada neste momento.

Delegado de Saúde exorta porto-novenses a não baixarem a guarda nas festas de São João

“Depois das festas é quase certo que vai haver um aumento de casos, mas a taxa de vacinação bastante elevada que já atingimos dá-nos alguma tranquilidade. Por isso é muitíssimo importante que as pessoas continuem a se vacinar para evitar casos graves e para poder viver a sua vida com normalidade”, declarou o delegado de saúde.

Nesta altura do ano, chegam a Porto Novo pessoas de várias ilhas do país e da diáspora. Daí a preocupação das autoridades de saúde em relação à covid-19, cuja taxa de vacinação com a primeira dose está à volta de 100%, a segunda na ordem dos 93,6% e completamente vacinada em 52%. Nos adolescentes (12 a 17 anos), a taxa ultrapassa os 85% com primeira dose e 83,6 com a segunda dose.

Carlos Dias diz que o objetivo é continuar com as ações de sensibilização, alertando as pessoas para a importância do distanciamento e do uso de máscara, mas, de todo o modo, reconhece que o momento é propício para as pessoas se aproximarem ainda mais.

Porto Novo recebe, por altura das festas, milhares de pessoas e os serviços de saúde já têm o seu plano de intervenção, que, em caso de necessidade, é colocado em prática conjuntamente com os bombeiros voluntários e com as autoridades policiais, segundo este responsável. Dias garante que está tudo preparado para dar assistência às pessoas que procurarem o centro de saúde.

A Delegacia de Saúde do Porto Novo, segundo este médico, dispõe de pessoal suficiente e preparado para as exigências desta festa, que é uma das mais populares em Cabo Verde. Entretanto, dentro de dez meses com mais um centro de saúde, o segundo, que se localizará na Ribeira das Patas, num investimento global de 150 mil contos (construção e equipamento).

Para o delegado de saúde do Porto Novo, esta infra-estrutura, cuja primeira pedra foi lançada no dia 8 de junho pelo ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, vai aliviar o atendimento no centro de saúde da cidade do Porto Novo, onde a demanda tem aumentado com o crescimento desta urbe.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project