AMBIENTE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Depressão Tropical chega com vento e chuva a Cabo Verde: País continua em estado de alerta e com Rincão como zona de risco 31 Agosto 2018

A depressão Tropical já mudou da trajectória inicial, mas chegou,hoje,31, a Cabo Verde com chuva, por vezes forte e moderada, acompanhada de rajada de vento, principalmente na Capital (ver este jornal). A aldeia piscatória de Rincão de Santa Catarina, mais concretamente o sítio «Lá pá Baixo» que fica perto do mar, apresenta-se como a zona de maior risco, segundo o Serviço Nacional de Protecção Civil. Por isso, o país contínua em estado de alerta.

Depressão Tropical chega com vento e chuva a Cabo Verde: País continua em estado de alerta e com Rincão como zona de risco

A fazer fé em peritos da área, a depressão tropical tem potencialidades de se transformar em ciclone, mas longe de Cabo Verde – mudou da trajectória inicial em direcção ao nosso país. Mesmo assim, o serviço de Meteorologia mantém o alerta sobre a passagem do fenómeno durante o dia de hoje em todo o arquipélago, recomendando que, embora que enfraquecido o sistema e com menor impacto nas ilhas, devem ser tomadas medidas de precaução e segurança.

O fenómeno chegou a Santiago com chuva, momentaneamente forte e moderada, acompanha de rajada de vento – precipitações foram mais sentidas na Capital e em alguns concelhos do interior. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica, há previsão que caia mais chuva nas próximas horas.

Entretanto, o presidente do Serviço Nacional de Protecção Civil (SNPC) alerta que a aldeia piscatória de Rincão de Santa Catarina de Santiago, mais concretamente o sítio «Lá pá Baixo» que fica perto do mar, apresenta-se como a zona de maior risco. Por isso, foram já destacados para o local 11 militares, que prestarão todos os apoios que vierem ser necessários aos residentes em casos de mau tempo.

Reinaldo Rodrigues diz também que o SNPC está preocupada com a ilha Brava, tendo já articulado com a Câmara para a retirada de todas as embarcações de boa aberta das zonas costeiras e concertado com as estruturas de saúde, polícia e bombeiros para estarem de prevenção nesta sexta-feira e sábado, altura em que a Depressão Tropical passa por Cabo Verde.

Estado do tempo e prevenção

Em comunicado distribuído à imprensa, os serviços do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica actualiza as informações meteorológicas, mas mantêm o alerta que o estado do tempo no arquipélago será condicionado pela passagem da depressão tropical referida, com “período crítico” na noite desta sexta-feira, 31, e madrugada de sábado, 01.

Anuncia que durante a ocorrência deverá registar-se ventos fortes, ondas, aguaceiros ou chuva fraca a moderada, localmente forte, com trovoadas, em todo o arquipélago, mas com maior incidência nas ilhas de Sotavento.

O comunicado refere, por outro lado, que a depressão tropical localizada a Sul do arquipélago, move-se para Oeste, com possível evolução para tempestade tropical, já fora do território nacional.

Segundo a mesma fonte, prevêem-se ventos fortes em todas as ilhas, por vezes com rajadas, agitação marítima inicialmente com ondas de Nordeste, rodando para Este e depois Sul, atingindo 3 a 5 metros no interior do arquipélago e acima desses valores, em sectores críticos de Sotavento.

Mais: prevê-se, também, chuva em todo o arquipélago, sendo fraca em Barlavento e moderada a forte em Sotavento, onde poderá ser acompanhada de trovoadas, durante o período crítico.
— -
https://www.asemana.publ.cv/?Alerta-de-mau-tempo-Tempestade-Tropical-pode-atingir-Cabo-Verde-nas-proximas&ak=1

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project