INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Detido nos EUA suspeito de roubo de livros antes de publicados 08 Janeiro 2022

Um cidadão italiano de 29 anos foi detido em Nova Iorque, nos Estados Unidos, sob suspeita de ser o responsável pelo roubo de centenas de manuscritos de escritores de nível internacional desde 2016.

Detido nos EUA suspeito de roubo de livros antes de publicados

De acordo com o jornal de Angola que cita o comunicado do Ministério Público do Distrito Sul de Nova Iorque, Filippo Bernardini, antigo funcionário da editora Simon & Schuster no Reino Unido, foi presente a tribunal, enfrentando acusações de fraude e roubo de identidade, que acarretam uma sentença de prisão até 20 anos.

Os roubos assolaram a indústria editorial internacional há anos, tendo sido afectados autores, como Margaret Atwood e Ian McEwan.

No final de 2020, o diário "The New York Times” escrevia, num texto sob o título "Por que raio está alguém a roubar manuscritos de livros por publicar?”, que a pessoa responsável pelos roubos enviava ’emails’ a figuras do meio usando jargão da área e à medida de cada um dos destinatários, para que aparentassem ser enviados por um agente literário particular a um dos seus autores, ou um editor a contactar um ’olheiro’, com pequenas alterações feitas aos domínios a partir dos quais enviava, refere a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project