SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Detido suspeito de assalto à mão armada cidade da Praia 12 Junho 2020

Um homem suspeito de assaltos à mão armada, agressões e que causava desacatos foi detido, tornando-se no quarto indivíduo a ir para a cadeia nos últimos dias na cidade da Praia, anunciou, esta quinta-feira, a polícia.

Detido suspeito de assalto à mão armada cidade da Praia

Em comunicado citado pela Lusa, a Polícia Nacional (PN) informou que o indivíduo foi detido na segunda-feira, em flagrante delito, no bairro de Marrocos, arredores da cidade da Praia, na posse de uma arma de fogo.

A PN suspeita que o homem pertence a um grupo de "delinquentes" daquela localidade, que fazia assaltos à mão armada, provocava agressões e desacatos entre grupos considerados rivais.

O indivíduo foi detido depois de ter sido denunciado por estar a circular com arma de fogo em punho e a fazer disparos, juntamente com mais dois colegas, prosseguiu a autoridade policial.

Dando conta da chegada da autoridade, o suspeito pôs-se em fuga, mas foi capturado depois pela polícia, que encontrou na sua posse a arma, que dias antes tinha disparado contra uma pessoa, adiantou a PN.

O detido foi apresentado ao Tribunal da Praia que decretou como medida de coação a prisão preventiva. Três outros indivíduos também considerados perigosos, suspeitos dos mesmos crimes no bairro vizinho de Achada Grande Trás, também foram detidos preventivamente.

“A Polícia Nacional vai continuar as suas ações no sentido de desmantelamento e desarmamento desses grupos de indivíduos que inquietam a sociedade”, terminou a nota.

A 24 de maio, a PN revelou que apreendeu 73 armas de fogo em dois meses na cidade da Praia, sendo a maioria, 46, de fabrico artesanal, conhecidas como ‘boca bedju’, e 87 munições.

Dez dias antes, aquela força policial tinha dado conta da apreensão de 11 armas de fogo e da detenção de 10 indivíduos pertencentes a grupos de delinquentes e suspeitos da prática de crimes em vários bairros da cidade da Praia.

“A Polícia Nacional, ciente da existência desses meliantes, apela a uma maior colaboração, mormente a celeridade nas denúncias da população, afim de encetar uma resposta mais eficaz no combate ao crime”, apelou na altura a PN de Cabo Verde citada pela Lusa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project