ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Director-adjunto do FMI elogia Cabo Verde e apoia o Governo nas Reformas em curso 17 Maio 2019

O diretor-adjunto do Fundo Monetário Internacional (FMI), Tao Zhang, que se encontra na cidade da Praia, elogiou, esta quarta-feira, os indicadores económicos do país, que no seu entender são muito melhores daquilo que acontece nos países com o mesmo nível de desenvolvimento de Cabo Verde. Disse que esta instituição da Bretton Woods está empenhada em nos ajudar na implementação das reformas em curso, com vista ao crescimento da economia.

Director-adjunto do FMI elogia Cabo Verde e apoia o Governo nas Reformas em curso

Tao Zhang fez essas considerações durante uma conferência de imprensa ao lado do Vice-Primeiro Ministro, Olavo Correia, no Ministério das Finanças, e depois de manter um encontro com o Presidente Jorge Carlos Fonseca e com o Primeiro-Ministro, Ulisses Correia e Silva.

Apesar da boa performance do país a nível macroeconómico – com o registo recente de crescimento de 5,5%, redução da dívida pública, a inflação a menos 2% -, mesmo assim, o director do FMI reconheceu que “muito mais será necessário fazer, não só reformas estruturais, como para garantir um desenvolvimento económico mais sustentável”.

Daí o compromisso em apoiar o país nas reformas que o Governo cabo-verdiano vem encetando desde que assumiu o poder – faz agora três anos -, nomeadamente ao nível das finanças públicas, do setor empresarial do Estado e de melhoria do ambiente de negócios.

“O FMI compromete-se a trabalhar com o país neste empenhamento”, disse Tao Zhang, anotando o “excelente relacionamento” da instituição com o nosso país.

Por sua vez, o Vice-primeiro Ministro considerou ser um privilégio para o nosso país receber este alto representante do FMI, uma visita que “é a manifestação de confiança, também, de parceria, de comprometimento entre as nossas instituições, de reconhecimento por aquilo que Cabo Verde tem feito em matéria de estabilidade económica e de promoção de um crescimento económico inclusivo.

Para Olavo Correia, “o apoio no FMI é muito importante porque credibiliza a estratégia do Governo e dá-nos o conforto necessário para acelerarmos a agenda de reformas económicas, que é uma condição essencial para aumentarmos o potencial de crescimento da nossa economia”.

Nos últimos anos, Cabo Verde tem dado passos firmes no sentido de assegurar a estabilidade macroeconómica e promover o crescimento sustentável, com suporte dos parceiros de desenvolvimento, entre os quais, o FMI.

As relações do país com o FMI vêm assumindo várias modalidades ao longo dos anos, estando neste momento resumidas às consultas anuais ao abrigo do artigo IV e assessoria técnica, desde o término do último acordo, o Policy Support Instrument (PSI).

A visita de Tao Zhang continua esta quinta-feira com um encontro com as Mulheres Empresárias e Representantes do Sector Financeiro cabo-verdiano e deve terminar com uma deslocação á Aldeia SOS de São Domingos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project