LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

ENTREVISTA: PR timorense pede mais investimento português, em particular farmacêutico 04 Novembro 2022

O Presidente timorense apelou para o aumento da presença empresarial portuguesa no país, aproveitando o facto de Timor-Leste estar a concluir a entrada na Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN, na sigla inglesa).

ENTREVISTA: PR timorense pede mais investimento português, em particular farmacêutico

Conforme escreve a Lusa , num comunicado à bolsa de valores de Hong Kong, a CALB revelou a assinatura na quarta-feira de um memorando de entendimento com uma subsidiária da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

O acordo com a AICEP Global Parques prevê a aquisição de “direitos de superfície, com o objetivo de montar uma fábrica de ponta mundial, altamente inteligente, informatizada e automatizada, com zero emissões de carbono”, disse a empresa.

A CALB “não assinou ainda um acordo legalmente vinculativo”, pelo que “a cooperação contemplada no memorando de entendimento pode ou não avançar”.

A empresa referiu ainda que a eventual instalação de uma fábrica em Portugal seria parte de uma estratégia para criar “bases industriais na Europa”.

A mesma fonte evidencia que em dezembro de 2021, a CALB anunciou a assinatura de um acordo com a consultora alemã Drees & Sommer para planear a primeira fábrica na Europa, que poderia produzir, por ano, baterias com uma capacidade total de 20 GWh.

Segundo a China Automotive Power Battery Industry Innovation Alliance, uma associação industrial, a CALB foi em 2021 a terceira maior fabricante chinesa de baterias para automóveis elétricos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project