ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

ENTREVISTA/Tarrafal: José dos Reis faz balanço “extremamente positivo” dos dois primeiros anos do mandato 20 Novembro 2022

O presidente da Câmara Municipal do Tarrafal fez hoje um balanço “extremamente positivo” dos dois primeiros anos do mandato, afirmando que a alternância política registada em Outubro de 2020 trouxe transformações em vários sectores de desenvolvimento do município.

ENTREVISTA/Tarrafal: José dos Reis faz balanço “extremamente positivo” dos dois primeiros anos do mandato

Em entrevista à Inforpress, José dos Reis notou que após 28 anos da governação do Movimento para a Democracia (MpD), que hoje os factos e feitos, que segundo ele estão à vista da população e de todos que visitam o município, “demonstram claramente” que Tarrafal fez “a melhor opção”, que é a alternância política e experimentar novidades, que trouxe transformação de Bilimboa à Achada Meio.

Depois de dois anos de exercício do mandato, o balanço é extremamente positivo, porque temos hoje um município em permanente construção, um município em transformação e com obras, que com certeza dignificam uma cidade com vocação turística e uma cidade que também quer ser celeiro de produção agropecuária a nível da região Santiago Norte”, declarou o autarca.

Conforme notou, todas as transformações conseguidas neste curto espaço de tempo são frutos de um grande “djunta mon” (juntar de mãos) de parceiros como Governo, Diáspora, empresas nacionais e internacionais.

Daí, segundo ele, Tarrafal a meio de mandato é um município que está “claramente num percurso ascendente” e com “ganhos substanciais” nos domínios do turismo, social, económico, requalificação urbana e ambiental e melhoria de acessos e acessibilidades.

Tarrafal é hoje um município em constante transformação, com obras, factos e feitos que justificam que efectivamente houve ganhos nos dois anos de mandato”, congratulou-se José dos Reis, que se mostrou disponível para servir o município nos próximos tempos.

Relativamente às obras, lembrou que das 23 implementadas desde a tomada de posse, a 15 de Novembro de 2020, nove já foram inauguradas, destacando as obras de construção da Casa do Condutor, no terminal rodoviário do Tarrafal, e a requalificação urbana do seu entorno, 36 mil contos, e as obras de requalificação da Casa do Pescador, 13 mil contos, a par de um conjunto de requalificação urbana, ambiental e paisagistas um pouco por todo o município.

Por outro lado, destacou o facto de com as obras terem valorizado a mão-de-obra, matéria-prima e empresas locais, tendo empregado “milhares de pessoas”, ou seja, num investimento que rondou à volta de 600 mil contos em benefício social.

Ainda sobre as obras, José dos Reis esclareceu que as mesmas não foram executadas por “camaradas”, como alega MpD (oposição na autarquia), mas, que algumas, sobretudo as de requalificação urbana e ambiental foram feitas pela própria edilidade numa lógica de criação de emprego público para dar rendimento às famílias, devido à pressão da situação da tripla crise e para fazer frente à distribuição de cestas básicas, ou seja, para pôr fim ao assistencialismo.

O autarca tarrafalense, que sublinhou que a oposição, neste partícula o MpD, está “desnorteada”, informou que a equipa que lidera vai assumir os compromissos eleitorais de forma gradual levando respostas para as localidades e famílias, reiterando que todas as medidas e políticas são direcionadas para as famílias, com a juventude e com a causa social.

A título de exemplo, lembrou que a autarquia fez “grandes investimentos” a nível da coesão social, da saúde, com reabilitação de três unidades sanitárias de base, da educação, com reabilitação de sete jardins infantis, redução do preço de transporte escolar para metade, distribuição de kits escolares para cerca de 1.400 alunos e programa de apoio à propina universitária.

A nível de habitação social, notou que além de das 20 reabilitações e construção de raiz de seis casas, que já entregaram cerca de 300 lotes de terreno em regime de aforamento às famílias vulneráveis e que 100 foram beneficiadas com projectos de arquitectura e estabilidade.

Sobre a sua relação com o poder central, afirmou que o Governo é um parceiro do município, que é também parte do território nacional, e que tem contado com parcerias em vários domínios.

A título de exemplo, adiantou que a câmara está a trabalhar com o Governo no quadro do Plano Operacional do Turismo (POT), cujo município vai receber 477 mil contos, que acredita vai reposicioná-lo enquanto um dos concelhos vocacionados para o turismo a nível da ilha, da região e do País.

José dos Reis anunciou que no final de Dezembro mais 100 famílias vão ser beneficiadas com lotes de terreno por regime de aforamento e outras 100 com projectos de arquitectura e estabilidade, e que nos próximos dias o município vai receber um novo autocarro para reforçar a cobertura do transporte escolar.

Rua Pedonal de Comércio, Cultura e Lazer do Tarrafal, centro multiuso de Achada Morrão e de Curral Velho, requalificação do Largo Santo Amaro e criação da Cidade Desportiva do Tarrafal são outros projectos a serem implementados no ano económico de 2023 em parceria com Governo e outros parceiros nacionais e internacionais. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project