INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

EUA: 56% dizem "Melhor agora que há 4 anos" — Biden tem + 9% mas em Estados-chave Trump vai à frente 20 Outubro 2020

Na Flórida, um dos treze Estados-chave, com 38 do total de 538 "grandes eleitores", é Trump que até à data (domingo, 18) vai à frente, mais forte que há quatro anos. A nível nacional Biden regista mais nove pontos. A sondagem Gallup mais recente, da última semana de setembro, indica que 56 por cento do eleitorado dos Estados Unidos avalia que está "Melhor agora, do que há 4 anos", 32% pensam o contrário.

EUA: 56% dizem

A duas semanas das eleições de 3 de novembro, Donald Trump e Joe Biden têm vindo a intensificar a batalha para conquistar esses 13 Estados decisivos no Colégio Eleitoral.

Entretanto os episódios mais mediáticos envolvem alguns desses catorze Estados, os "oscilantes" (swing) que podem decidir quem ganha e quem perde — dada a estreita margem que separa Biden e Trump. Como aconteceu em 2016.

A Flórida como acima mencionado.

A Carolina do Norte — onde Trump em setembro encorajou eleitores a votar duas vezes, pelo correio e presencialmente, o que é ilegal.

O Ohio — onde Trump já disse que 50 mil votos "desapareceram" na votação antecipada.

A Califórnia — com o maior número de "grandes eleitores", 55 do total de 538. Trump denunciou que havia boletins no lixo, mas afinal são das Eleições Intermédias de novembro de 2018 e a sua destruição "foi feita de acordo com a lei".

Fontes: DW/BBC/CNBC. Fotos: Biden e Trump. Mapa dos Estados "oscilantes" (swing states) : Arizona (AZ), Pensilvânia (PA), Wisconsin (WI), Carolina do Norte (NC). Ohio (OI). Michigan (MI). Flórida (FL). Califórnia(CA). New Hampshire(NH). Virgínia (VA). Nevada (NV). T (TX). Geórgia (GA). Indiana (IA) .

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project