INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

EUA: Adolescente já reincidente no crime matou 4 pessoas em Memphis — Cidade paralisada durante 8 horas de tiroteio 10 Setembro 2022

Memphis é a área metropolitana com mais mortes violentas nos Estados Unidos — em 2021, registaram-se 332 homicídios que é o triplo da taxa nacional (18 mil homicídios, 1.359 por 100 mil habitantes ) — e o mais recente multi-homicídio deu razão a essa má fama estatística. Durante a tarde e a noite de quarta-feira, a segunda cidade do Tennessee esteve paralisada enquanto decorria a operação policial para capturar o atirador de 19 anos que matou quatro pessoas e feriu outras três.

EUA: Adolescente já reincidente no crime matou 4 pessoas em Memphis — Cidade paralisada durante 8 horas de tiroteio

O suspeito Ezekiel Kelly (foto ao alto) armado e a circular em carros roubados foi detido ao acidentar o último carro roubado (foto ao alto, à d.ta), após oito horas e meia a cometer crimes e cinco horas de perseguição policial a alta velocidade, informou em conferência de imprensa a chefe da polícia de Memphis. A comissária Cerelyn Davis (foto central) revelou que os tiroteios começaram pouco depois da uma da tarde (mais 4H em Cabo Verde).

A primeira vítima dos disparos foi um homem de 24 anos, abatido à entrada de casa. Pelas 16H30, a polícia foi alertada para outros dois tiroteios com poucos minutos de intervalo: o primeiro causou a morte de um homem dentro do próprio carro, o outro deixou ferida uma mulher, baleada numa perna.

Eram já seis horas da tarde e a operação policial ainda não tinha conseguido deitar a mão ao atirador quando numa transmissão Live nas redes sociais o atirador dirigiu-se às autoridades a ameaçar que ia continuar a matar e mostrou o vídeo da sua vítima: um homem que feriu com gravidade dentro duma loja.

Perante a ameaça deste atirador em movimento, as autoridades emitiram um aviso à população para que não saíssem de casa, a não ser em caso de extrema urgência. O serviço de transportes públicos suspendeu as carreiras de autocarros e a Universidade encerrou portas, sem saídas ou entradas no campus universitário.

Depois da transmissão Live, o suspeito voltou a atacar, com um carjacking (roubo de veículo), em que matou a condutora do carro, mãe de três filhos.

Nas redes sociais, a polícia emitiu novo aviso às 19 horas sobre esse atirador "armado e perigoso", que pouco depois voltou a atacar. Alvejou uma mulher e um homem, que ficou ferido. Ainda voltou a fazer outro carjacking, mas o condutor conseguiu sair ileso.

O atirador foi detido mais de oito horas depois do início do tiroteio, cerca das 21H30. O alerta das autoridades aos residentes só foi levantado depois da captura.

Reincidente

Aos 17 anos, Ezekiel Kelly foi acusado de duas tentativas de homicídio. O caso, em 2020, começou no tribunal de menores mas Kelly acabou por ser julgado como adulto. Condenado a três anos de prisão, acabou por ser libertado depois de assumir um crime de agressão, com menor gravidade. Ao fim de apenas onze meses preso, foi libertado em março.

"Se o senhor Kelly tivesse cumprido por inteiro a sentença de três anos ainda estaria hoje na prisão e quatro dos nossos cidadãos estariam vivos", lamentou o democrata Jim Strickland(na foto, em 1º plano), o reeleito presidente da câmara de Memphis.

Fontes: NY Times/AP/ NYPost/Daily Mail.co.uk/... Fotos: Polícia de Memphis via AP. Conferência de imprensa pouco depois da meia-noite. (NYPost-Facebook) A última vítima é a mais nova: Corteria Wright, de 17 anos, morreu no tiroteio c.21 horas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project