INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

EUA: Biden é o 46º presidente, Kamala a primeira nº2 —Apelo à união "em defesa da democracia" 21 Janeiro 2021

Joe Biden tomou posse como o quadragésimo-sexto presidente dos EUA e pede ao país para se unir e superar divisões: "Hoje celebramos a vitória não de um candidato, mas de uma causa: a democracia. Sem unidade não há paz, apenas amargura e fúria".

EUA: Biden é o 46º presidente, Kamala a primeira nº2 —Apelo à união

O casal presidencial entrou por volta das quatro da tarde na Casa Branca, para a primeira sessão de trabalho do novo presidente, na Sala Oval.

Segundo o programa apresentado na semana passada, Joe Biden deverá assinar na mesma tarde alguns dos dez decretos tidos como mais urgentes.

Um, o uso obrigatório de máscara. Dois, o reencontro de crianças e pais imigrantes. Três, o Acordo de Paris sobre o clima — e sobre o qual o presidente francês disse na primeira mensagem de felicitações ao novo presidente dos Estados Unidos: S a meio da tarde quando Biden já prestara juramento.

Outros presidentes, como o da Alemanha, Israel e até do Brasil deram os parabéns ao 46º presidente.

O mundo deposita muita esperança no mandato Biden-Harris que promete "Unir a América".

Vitória da democracia e justiça para todos

Conforme o portal EN, numa cerimónia mais discreta por razões de saúde e segurança, Joe Biden prestou juramento perante o presidente do Supremo Tribunal, em Washington.

No discurso para um país devastado pela pandemia e abalado pelo recente ataque ao Capitólio, o democrata de 78 anos sublinhou a vitória da democracia e prometeu justiça para todos.

“Hoje celebramos o triunfo não de um candidato, mas de uma causa. A causa da democracia. Poucas pessoas na história das nossas nações foram mais desafiadas e encontraram um momento mais desafiante ou difícil do que o tempo em que nos encontramos agora”, afirmou o presidente. Joe Biden lembrou o vírus que “persegue silenciosamente o país e ceifou tantas vidas num ano como as que a América perdeu em toda a Segunda Guerra Mundial”. O presidente dos Estados Unidos sublinhou também o “grito por justiça racial com cerca de quatrocentos anos de existência”, garantindo que o “sonho de justiça para todos não será mais adiado”.

Antes de Joe Biden, Kamala Harris prestou juramento enquanto primeira mulher e afro-americana vice-presidente dos Estados Unidos. A ex-senador da Califórnia foi investida por Sonia Sotomayor, a primeira latina a ocupar um lugar no Supremo Tribunal norte-americano.

Falso alerta de bomba no Supremo

O Supremo Tribunal dos Estados Unidos, situado em frente ao Capitólio, recebeu um alerta de bomba, de manhã horas antes do incício da cerimnónia inaugural. "O edifício e as redondezas foram inspecionados", disse a porta-voz da instituição.

Mas não houve retirada de pessoas, ao contrário do que anunciaram algumas televisões que deram seguimento ao que a CNN noticiou inicialmente.
— -
Fontes: BBC/CNBC/CNN/Washington Post/DW/EN. Relacionado: EUA - 46º presidente: ’10 dias, 10 decretos’ para reverter, unir e avançar, 17.jan.2021. Fotos (Getty): O presidente jura sobre a Bíblia da família que a primeira-dama segura. A vice-presidente ao lado do cônjuge foi a primeira a fazer o juramento solene da 46ª presidência.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project