REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

EUA:Biden recebe corpos de militares mortos no Afeganistão enquanto críticas sobem de tom 30 Agosto 2021

Um a um, cobertos com uma bandeira norte-americana, os caixões foram descarregados em frente ao Presidente democrata, Joe Biden, que os recebeu de mão no coração.

 EUA:Biden recebe corpos de militares mortos no Afeganistão enquanto críticas sobem de tom

Segundo a Lusa, o presidente dos Estados Unidos recebeu este domingo, os restos mortais dos 13 soldados norte-americanos mortos num ataque em Cabul, num momento em que críticas à sua gestão da crise afegã sobem e a sua popularidade cai.

Um a um, cobertos com uma bandeira norte-americana, os caixões foram descarregados em frente ao Presidente democrata, Joe Biden, que os recebeu de mão no coração, e da sua mulher Jill, na base aérea de Dover, Delaware.

Vestidos de preto, o casal presidencial tinha a seu lado o chefe do Pentágono, Lloyd Austin, o Secretário de Estado, Antony Blinken, o Chefe de Estado-Maior norte-americano, Mark Milley, e de outros oficiais superiores das Forças Armadas norte-americanas.

As famílias das vítimas estavam à distância, protegidas das câmaras. Os soluços quebravam ocasionalmente o silêncio.

Pouco antes da cerimónia, a delegação subiu a rampa para a enorme aeronave militar C-17, que transportava os 13 caixões, para uma breve oração privada, de acordo com a Casa Branca.

Dos 13 jovens soldados mortos no ataque de quinta-feira, cinco tinham 20 anos e participavam na guerra mais longa dos Estados Unidos, lançada em 2001 no Afeganistão.

Reivindicado pelo Estado Islâmico no grupo de Khorasan (EI-K), o ataque de quinta-feira em Cabul matou, pelo menos, 170 pessoas.

Joe Biden, que tomou posse em janeiro último como Presidente dos Estados Unidos, viu a sua popularidade, até há poucos dias relativamente estável, cair abaixo dos 50% após os taliban terem tomado Cabul, em 15 de agosto.

Além disso, a sua imagem foi afetada pela pandemia de covid-19, devido à variante Delta, enquanto as críticas dos senadores e especialistas sobre a retirada de tropas do Afeganistão sobe de tom.

Como retaliação ao ataque que matou aqueles soldados, os Estados Unidos realizaram um ataque com drone no Afeganistão, matando dois membros do grupo do Estado islâmico.

Hoje, quanto o casal presidencial norte-americano estava reunido com as famílias dos militares, o Pentágono anunciou que tinha destruído um veículo em Cabul, "eliminando uma ameaça iminente do EI-K" contra o aeroporto da capital afegã.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project