INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

EUA: Mensagem para Trump. Black Lives Matter pintado em frente à Casa Branca 06 Junho 2020

A ’mayor’ de Washington quis homenagear os manifestantes que protestavam contra a violência policial e o racismo na sequência da morte de George Floyd. Mas a secção do movimento Black Lives Matter da capital norte-americana diz que este é um gesto vazio de Muriel Bowser.

EUA: Mensagem para Trump. Black Lives Matter pintado em frente à Casa Branca

EUA: Mensagem para Trump. Black Lives Matter pintado em frente à Casa Branca

A ’mayor’ de Washington quis homenagear os manifestantes que protestavam contra a violência policial e o racismo na sequência da morte de George Floyd. Mas a secção do movimento Black Lives Matter da capital norte-americana diz que este é um gesto vazio de Muriel Bowser.

Donald Trump tem criticado os protestos violentos (em número bastante menor do que as manifestações pacíficas) nas ruas norte-americanas após a morte de George Floyd, mas mais uma vez não abordou de forma profunda o problema da violência policial, principalmente contra as minorias, nem do racismo que assola os Estados Unidos há demasiado tempo.

No entanto, agora Trump terá maior dificuldade em ignorar o nome do movimento que apela à igualdade e à justiça para os cidadãos negros. Black Lives Matter foi pintado na rua em frente à Casa Branca por iniciativa da ’mayor’ de Washington, Muriel Bowser, avança a NBC News.

"Há pessoas que estão ansiosas por serem ouvidas e serem vistas, e para que a sua humanidade seja reconhecida, e nós tivemos a oportunidade de enviar uma mensagem em alto e bom som numa rua muito importante da nossa cidade. Essa imagem é para o povo americano, é de que Black Lives Matter (vidas negras importam), a humanidade negra importa, e nós promovemos isso como um dos valores da nossa cidade", destacou Muriel Bowser.

O chefe de gabinete da ’mayor’, John Falcicchio, acrescentou no Twitter que Bowser quis "homenagear os manifestantes que protestavam de forma pacífica esta segunda-feira" naquela mesma rua.

No entanto, este ato não satisfez as pretensões da secção de Washington do movimento Black Lives Matter, que considerou-o um gesto vazio.

"Esta é uma distração performativa de mudanças reais de política. Bowser tem estado constantemente do lado errado da história da Black Lives Matter de DC. Isto serve para apaziguar os brancos liberais enquanto ignora as nossas exigências. Black Lives Matter significa cortar os fundos da polícia", escreveu a secção de Washington no Twitter.

Bowser tem batido de frente com Trump desde que o presidente convocou as forças militares para ocuparem posições em redor da Casa Branca e nas ruas de Washington. Esta sexta-feira Muriel Bowser voltou a pedir a Trump para retirar os militares da capital norte-americana. Fonte: NM; Imagem: Reuters

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project