INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

EUA-RPC sobre Economia e Direitos Humanos: Biden fala com Xi sobre uigures, Hong Kong 13 Fevereiro 2021

O primeiro tête-à-tête (por videoconferência) entre os presidentes aconteceu na quarta-feira, 11, e a imprensa internacional destaca o facto de Joe Biden ter dito a Xi que é "preocupante" a situação na comunidade muçulmana uigur e na região especial de Hong Kong.

EUA-RPC sobre Economia e Direitos Humanos: Biden fala com Xi sobre uigures, Hong Kong

Segundo a análise de especialistas ouvidos pelos media de referência, Biden quis destacar assim que os Direitos Humanos estão no topo das suas prioridades. Um sinal forte que envia à China, na primeira conversa telefónica três semanas após a sua chegada à Casa Branca.

O clima é a outra prioridade em que Biden quer destacar-se da quadragésima-quinta presidência. Na conversa com o homólogo Xi, exortou-o a acompanhá-lo numa "aproximação muito mais pragmática sobre as questões climáticas".

Quanto à área económica, em competição entre as duas maiores potências, Biden deve manter a mesma linha de continuidade não se afastando muito do que propôs a presidência anterior.

Segundo um "quadro altamente colocado na Casa Branca disse sob anonimato", a nova equipa quer continuar a enfrentar de modo pragmático a "competição estratégica" entre as duas grandes potências.

O objetivo: resolver os "grandes problemas" que advieram da "abordagem do governo Trump", como o "enfraquecimento das alianças e o vazio nas instituições internacionais que acabou por ser colmatado pela China", refere o Washington Post.

Na mesma linha, aliás do que dissera Joe Biden na entrevista à CBS sobre a "competição extrema" na nova fase Estados Unidos-China. Mas o 46º presidente americano garantiu que tudo fará para evitar um "conflito" entre ambos.

Pequim nega violações de direitos em Taiwan, Hong Kong, Xinjiang

Biden exprimiu a sua "grande preocupação" com "as violações dos Direitos Humanos que organizações independentes têm vindo a imputar à República Popular da China".

Entre eles, os casos de ingerência em Taiwan, a repressão em Hong Kong, e os mais de um milhão de uigures detidos em "campos de reeducação política".

A comunidade muçulmana tem vindo a ser colocada em Xinjiang — uma vasta região semi-desértica, na fronteira com o Paquistão e o Afeganistão — onde vivem, "como no típico Estado panótico", sob estreita vigilância policial (Prémio Sakharov atribuído a economista chinês da minoria uigur preso, 25.out.019; China: "A tua família está a ser reeducada"— Xi criou campos de detenção para minorias étnicas, 18.nov.019).

Mas o governo chinês nega e afirma que se trata de centros de formação profissional, com o objetivo de "proporcionar oportunidades de emprego" à comunidade uigur e, assim, "afastá-la do extremismo religioso".

Fontes: WSJ/BBC/SCMP/Washington Post/AFP. Relacionado: No Dia dos Direitos Humanos, Griezmann do Barcelona rompe contrato com Huawei suspeita de ajudar repressão de uigures, 10.dez.020. Foto (AFP) da presidência Obama. Muitos anos depois, Xi Jinping e Joe Biden tiveram a primeira conversa oficial como homólogos nesta quarta-feira, 10. Três dias depois do retrato que Biden fez nestes termos: "Xi é muito duro", "não tem dentro de si nem uma onça de democracia", "nem sequer estou a criticá-lo: ele é mesmo assim", disse em entrevista à CBS no domingo, 7.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project