INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

EUA: Trump admite pela 1ª vez sair da Casa Branca se perder o voto do colégio eleitoral, mas "se o fizerem será um erro" 27 Novembro 2020

Pela primeira vez ontem (5ªfª, 26) o ainda ocupante da Casa Branca admite deixar a presidência, no caso de os grandes eleitores escolherem Joe Biden na votação do próximo dia 14. Mas, ressalva, "se o fizerem será um erro".

EUA: Trump admite pela 1ª vez sair da Casa Branca se perder o voto do colégio eleitoral, mas

Palavras ditas na conferência de imprensa que se seguiu à videochamada do presidente às tropas no estrangeiro, por ocasião do Dia de Ação de Graças — o feriado mais emblemático dos Estados Unidos.

Com todos os ’ses’, este é o sinal mais claro que o 45º presidente dá no pós-3 de novembro de que está preparado para deixar a presidência.

É um avanço em relação à estratégia do recandidato republicano Donald Trump que alega "fraude eleitoral" ao contestar nos tribunais federais os resultados que o dão como perdedor (a legenda ’Loser’ que o New York Times deu esta sexta-feira, 27 à foto) que mostra Trump de ar cabisbaixo no fim da conferência de imprensa de ontem, 26.

Durante mais de três semanas, o ainda presidente Trump atuou de acordo com a sua expectativa de repetir o que aconteceu há vinte anos quando o Supremo Tribunal decidiu, em detrimento do democrata Al Gore, dar o republicano Bush como vencedor.

Decidido a lutar até ao fim, Trump tem instruído os seus advogados a dar entrada a sucessivos processos alegando fraude. Mas sem prova da acusação, os tribunais têm vindo sucessivamente a recusar a entrada do processo, em alguns casos liminarmente.

A alegação de fraude eleitoral — expressa com afirmações como "Os democratas tentam roubar-nos esta eleição. Nós não vamos deixar" — faz parte da estratégia de defesa de Donald Trump, posta em ação meses antes do dia da eleição de 3 deste mês.

O objetivo é descredibilizar a votação por correspondência. Esta, que é uma prática tradicional no país, este ano atingiu níveis elevados (mais de cem milhões ) devido à pandemia em curso.

Se não conseguir ser declarado vencedor, Trump terá conseguido ao menos atrasar as diversas etapas do processo de homologação-publicação dos resultados — por dias ou mesmo por semanas.

Fontes: NY Times/ BBC/... Relacionado: "Fraude eleitoral" diz Trump que pede a apoiantes $60 milhões para pagar processos na Justiça, 07.nov.020

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project