INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

EUA vão treinar tripulações ucranianas para usar blindados Abrams 22 Abril 2023

Os Estados Unidos vão iniciar o treino de forças ucranianas para o uso e manutenção de carros de combate Abrams já nas próximas semanas para fazer chegar os blindados o mais depressa possível à Ucrânia, disseram esta sexta-feira, 21, fontes oficiais.

EUA vão treinar tripulações ucranianas para usar blindados Abrams

A Associated Press (AP) refere que a decisão sobre a preparação de tripulações para os blindados de fabrico norte-americano ocorre na mesma altura em que se encontram reunidos responsáveis europeus pela área da Defesa na Base Aérea de Ramstein, na Alemanha.

O encontro tem como objetivo coordenar o envio de armamento e outros equipamentos militares para a Ucrânia.

O anúncio das conclusões sobre o assunto deve ser tornado público ainda hoje.

Segundo fontes oficiais, em declarações à AP, 31 blindados vão ser enviados para a Base de Treinos de Grafenwoerh, Alemanha, até ao final do mês de maio e que as tropas ucranianas devem começar a receber treino duas semanas depois.

As mesmas fontes disseram ainda que o período de treino vai prolongar-se durante dez semanas e que os veículos usados na preparação não vão ser os mesmos veículos que vão ser enviados para a Ucrânia.

Os 31 MiA1 (Abrams) que estão a ser alvo de revisões nos Estados Unidos vão ser "enviados para as frentes de combate quando estiverem prontos".

Neste momento a missão dos instrutores é treinar as tropas ucranianas enquanto se preparam os veículos que vão ser enviados para a Ucrânia, adaptando-os para necessidades especificas.

Asemana Com Lusa

No total cerca de 250 militares ucranianos vão receber treino relacionado com a condução e operacionalidade além do treino de manutenção.

O treino específico de combate vai ser prestado depois das dez primeiras semanas iniciais, disseram as fontes que falaram sob anonimato.

No passado mês de janeiro, o Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou o envio dos Abrams para a Ucrânia, apesar de ter afirmado inicialmente que poderia ser complicado estes blindados por causa dos aspetos relacionados com a manutenção e a reparação.

A decisão de Biden levou a Alemanha a enviar dois blindados Leopard 2 para a Ucrânia, assim como a Polónia e outros países aliados. Em concreto, os Abrams podem vir a estar disponíveis para combate no outono sendo que o Pentágono pretende garantir a Kiev o abastecimento de peças sobressalentes em caso de necessidade.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project