REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ecocídio continua sem lei, invisível e "culpa é do governo francês que prefere não agir" 13 Dezembro 2019

A acusação foi proferida pelo deputado socialista Christophe Bouillon, ao ver rejeitada a proposta de lei que o PS, na oposição, apresentou na quinta-feira, 12, visando criminalizar "todo e qualquer ato deliberado que destrua o ecossistema".

Ecocídio continua sem lei, invisível e

O termo ecocídio continua fora do Código Penal de França, muito por causa da "insensibilidade" do parlamento que "tarda" em "reconhecer" que esse é um problema urgente, diz em síntese o relator Bouillon sobre o combate "à destruição do sistema" e que "é uma das grandes causas do século XXI".

O debate foi acalorado, com a ministra da Justiça, Nicole Belloubet a apontar a falta de precisão na definição do crime de ecocídio, bem como, nas noções "muito vagas" de "danos extensos, irreversíveis e irreparáveis".

Aliás, segundo Belloubet, o código atual tem "os instrumentos adequados para a criminalização dos atentados ambientais de grande impacto".

Esquerda, centro e direita uniram-se para rejeitar a proposta.

Fontes: Le Monde/France24/

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project