BREVES NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Efectivos da Polícia Nacional treinados em detecção e inativação de engenhos explosivos 09 Dezembro 2022

Um grupo de efectivos da Polícia Nacional (PN) finalizou hoje, na Praia, uma ação de formação na área de detecção e inativação de engenhos explosivos, visando o reforço das competências técnicas e operacionais neste domínio.

Efectivos da Polícia Nacional treinados em detecção e inativação de engenhos explosivos

Em declarações à imprensa, o director Nacional da Polícia Nacional, Emanuel Estaline Moreno, precisou que esta ação formativa se enquadra numa das estratégias da PN em ter um grupo de efectivos operacionais capacitados para poder dar respostas em situações de incidentes.

“Como sabem, temos aeroportos internacionais aqui na Praia, Boa Vista, Sal e São Vicente e a nossa intenção é continuar com esta estratégia de capacitar os nossos efectivos para poderem dar respostas a qualquer tipo de incidente e esperemos que nunca venha a acontecer”, sublinhou.

Por seu lado, Helder Machado, um dos formadores da Policia da Segurança Publica de Portugal, explicou que durante a capacitação os efectivos foram sujeitos a testes técnicos, com base na recriação de situações que ocorrem noutros países.

“Fizemos uma pequena actualização, porque algumas técnicas foram evoluindo e passamos este conhecimento aos mesmos, e depois foram sujeitos a testes técnicos e de material e recriamos situações que ocorrem pelo mundo fora, de forma a avaliá-los de forma que eles passem estes testes e que sejam proficientes no momento de incidentes e que consigam remover ameaças”, esclareceu.

Helder Machado garantiu ainda que os agentes estão preparados para dar respostas, mas que, por norma, de dois em dois anos, esta formação deve ser repetida para realização de novos testes, para analisar a prontidão dos efectivos.
“Estão preparados para dar respostas e, por norma, se a Polícia Nacional de Cabo Verde assim entender, daqui a dois anos têm que ser outra vez sujeitos a novos testes, assim como fazemos em Portugal para ver se estão sempre prontos”, salientou.

A formação teve a duração de quatros semanas e foi destinada a dez operacionais, sendo oito pertencentes ao Grupo de Ação Tática (GAT) do Comando das Unidades Especiais (CUE) e dois à Direção de Operações e Comunicações (DOC), os quais tinham frequentado, na Praia, em 2019/2020, o Curso de Detecção e Inativação de Engenhos Explosivos.

A referida acção de formação foi ministrada por uma equipa de três peritos/formadores do Centro de Inativação de Engenhos Explosivos e Segurança em Subsolo, da Unidade Especial de Polícia (CIEXSS/SO/UEP), da Polícia de Segurança Pública de Portugal.

Esta acção de capacitação decorreu no âmbito do projecto de Cooperação Técnica Policial/2022, assinado entre a Cabo Verde e Portugal e no quadro da excelente relação de colaboração institucional prevalecente entre a Polícia Nacional e a Polícia de Segurança Pública. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project