INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Egipto: Morsi morre de ataque cardíaco em sessão de tribunal 18 Junho 2019

Mohamed Morsi, presidente eleito deposto e preso desde 2013, apó o golpe de Estado que colocou no poder o atual presidente Sissi, morreu na capital egípcia, Cairo, durante uma sessão de julgamento esta segunda-feira, 17.

Egipto: Morsi morre de ataque cardíaco em sessão de tribunal

Egypt’s former President Mohammed Morsi, who was ousted by the military in 2013, has died after fainting in a courtroom, officials say.

A top figure in the now-banned Islamist movement Muslim Brotherhood, Morsi collapsed in a cage after speaking at a hearing on charges of espionage.

O ex-presidente estava em tribunal esta segunda-feira a responder pela acusação de espionagem, por ter contactos com o grupo Hamas, da Palestina. Estava dentro da grade de segurança, uma esoécie de jaula, onde são mantidos os presos, quando de repente, colapsou. Morreu no local.

Mohammed Morsi, de 67 anos, esteve preso nos últimos seis anos. A sua eleição em 2012 pelo partido da Irmandade Muçulmana levou-o à presidência egípcia, mas os protestos de massa sucessivos foram o pretexto para o exército intervir.

As condições da sua cela foram denunciadas pelo filho há cinco meses. Abdullah Morsi escreveu no Washington Post que as autoridades estavam a fazer tudo para o pai morrer de "doença, para listar o óbito como motivado por causas naturais".

Fontes: AP/Reuters/Referida

Os artigos mais recentes

16 Jul. 2019
Publicidade
Nice Kriola

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project