LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Eleições na PSD: Rio vence e pede "estabilidade e lealdade” e promete: "Cabem todos cá dentro" 19 Janeiro 2020

Rui Rio venceu a presidência do PSD Portugal com 53,02 % dos votos, na segunda volta deste domingo. Luís Montenegro (ficou na fasquia de 46,98%) prometeu paz, mas deixou avisos. Rio diz que com "lealdade" todos cabem no PSD, mas a sua lista ao Conselho Nacional não vai incluir apoiantes do adversário.

Eleições na PSD: Rio vence e pede

Resultados já são oficiais: Rio teve mais 1.873 votos que Montenegro

Segundo o diário digital Observador, José Manuel Nunes Liberato, presidente do Conselho de Jurisdição do PSD, declarou oficialmente a vitória de Rui Rio na eleição pela presidência da Comissão Política Nacional do partido. “As eleições decorreram com toda a normalidade e muito poucos incidentes”, diz Liberato.

Resultados oficiais:

  • Candidato Rui Rio: 16.420 votos, 53,02%
  • Candidato Luís Montenegro: 14.547 votos, 46,98%
  • Universo eleitoral: 40.628
  • Número de votantes: 31.295 votantes
  • Votos brancos: 199
  • Votos nulos: 129

Cronologia dos acontecimentos

18/1
23:16

Rui Rio diz que conta, descreve a mesma fonte, com Luís Montenegro se ele estiver pela “estabilidade” e pela “lealdade”. O presidente do PSD diz que “todas as diferenças de opinião” são positivas, mas não aceita quando se “inventam diferenças de opinião”.

18/1
23:14

Rio fará lista própria ao Conselho Nacional, sem apoiantes de Montenegro

Rio acredita que o resultado é, no seu entender, importante para a “unidade” do partido, mas lembra que “não depende” dele o que os outros farão. O líder do PSD disse ainda que não voltará a fazer uma lista com nomes da candidatura adversária e que vai “ceder” aos que lhe pediram para fazer uma lista própria ao Conselho Nacional. Com Santana Lopes “não correu bem”.

18/1
23:11

Rio: "Hoje ganhei o PSD, amanhã quero, com o PSD, começar a ganhar o país"

Rui Rio defendeu uma “oposição forte ao PS”, mas reiterou que isso passa por uma oposição “responsável e credibilizadora”. O líder do PSD lembra que o partido serve “o governo tanto no governo como na oposição”, e que será com essa “postura” que vai liderar “o maior partido da oposição, o serviço ao país”. O líder do PSD acrescenta que “na política” não vê “os outros como inimigos”, mas “como adversários”.

O objetivo de Rio é o governo: “Hoje ganhei o PSD, amanhã quero, com o PSD, começar a ganhar o país.”

Chegada de Rui Rio na sala onde está a fazer o seu discurso de vitória nestas eleições diretas do PSD. JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

18/1
23:10

"Estes 47% não vão ficar em casa à espera de Luís Montenegro"

Pode ouvir aqui os comentários de Miguel Pinheiro, Pedro Benevides, Alexandre Homem Cristo, André Abrantes Amaral e André Azevedo Alves ao discurso de Luís Montenegro, feitos na emissão especial da Rádio Observador.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project