ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Embaixador de Cabo Verde em Washington pede apoio para as organizações não governamentais 25 Fevereiro 2022

O embaixador de Cabo Verde em Washington, José Luís Livramento, apelou hoje, na Cidade Praia, à população que com possibilidade para apoiar as organizações não governamentais a socorrer a camada “mais desfavorecida”.

Embaixador de Cabo Verde em Washington pede apoio para as organizações não governamentais

O diplomata fez este apelo em declarações à imprensa após ser homenageado pela Associação das Crianças Desfavorecidas (Acrides) pelos dois anos de doação que fez à ONG, tendo ressalvado que o momento serve para incentivar outras pessoas a abraçar esta causa, para “um Cabo Verde mais justo com desenvolvimento inclusivo”, e onde “ninguém fique para trás”.

“Se não apoiarmos aqueles que estão mais desfavorecidos, que vivem ainda na pobreza, que por alguma ação da natureza estejam fisicamente ou mentalmente mais diminuídos, principalmente as nossas crianças com necessidades especiais, se essa camada da população juvenil não for contemplada podemos estar a cometer uma grande injustiça no futuro porque essa gente vai ficar para trás”, reforçou.

Por isso, deixou o apelo para que as “várias outras pessoas, que têm possibilidades, que tiram um pouquinho” para ajudar as organizações não governamentais, como a Acrides, que, sublinhou Livramento, muitas vezes passa por “dificuldades”, para que possam desempenhar seu papel com vista a um Cabo Verde “mais equilibrado”.

Este responsável prestou, igualmente, a sua homenagem às ONG que, seja no interior ou no exterior do País, “buscam incessantemente” condições para beneficiar a camada mais vulnerável.

Por sua vez, a presidente da Acrides, Lourença Tavares, adiantou que este acto simbólico é um reconhecimento ao apoio de José Luís Livramento, que tem beneficiado uma vintena de pessoas.

“Porque a Acrides é o nome da organização, mas Acrides são todos aqueles que nos ajudam, que acreditam em nós, que se juntam a nós para a promoção da dignidade humana das nossas crianças e o que o engenheiro Livramento nos doa serve de que forma para ajudarmos as crianças e adolescentes, famílias”, reconheceu Tavares.

O gesto solidário do embaixador permitiu à instituição apoiar jardins infantis, crianças e jovens com pagamentos de propinas, passes de autocarro e cestas básicas às famílias mais vulneráveis.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project