ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ministro da agricultura: Empresas já começaram a distribuição de ração nas várias ilhas do país confirma ministro de Agricultura 08 Janeiro 2018

O ministro de Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, confirmou hoje, na Cidade da Praia, que algumas empresas já começaram a distribuição de ração nas várias ilhas e garantiu também que as condições de transportes inter-ilhas já estão criadas.

Ministro da agricultura: Empresas já começaram a distribuição de ração nas várias ilhas do país confirma ministro de Agricultura

O governante, que falava no final da visita efectuada às empresas de ração Upranimal e Suinave, disse estar convencido que a partir de agora vai-se consolidar o sistema que foi concebido para o salvamento do gado em Cabo Verde face ao mau ano agrícola.

Na ocasião, Gilberto Silva garantiu que os vale-cheques também já foram enviados para todos os concelhos do país e que algumas delegações do Ministério de Agricultura já iniciaram a sua distribuição.

“Temos um programa que inicia nos lugares onde há mais necessidades e sucessivamente vai-se progredindo para outras zonas dos concelhos do país”, informou Gilberto Silva.

O ministro da Agricultura disse, entretanto, que neste momento está-se no início da implementação do programa e que vai-se melhorando ao longo do processo.

Em relação ao aumento do crédito, Gilberto Silva informou que brevemente o governo vai receber um relatório que vai dar conta como foram utilizados os recursos disponibilizados e, em função da avaliação do documento, o Executivo poderá reforçar a verba para o financiamento aos agricultores e criadores de gado.

O Governo, através do Ministério da Agricultura e Ambiente, fez a apresentação pública do vale cheques orçado em 80 milhões de escudos para aquisição bonificada de alimentos para o salvamento do gado

Durante a apresentação, o ministro explicou que se trata de um instrumento criado para a bonificação da aquisição da ração para animais, no quadro do programa de emergência para mitigação da seca e do mau ano agrícola.

“Nesta primeira fase, o Governo inscreveu 80 milhões de escudos para a impressão do vale cheques, montante esse que de acordo com o plano será triplicado durante todo o período do salvamento de gado”, disse, adiantando que este subsídio, em conjugação com o crédito sem juros , vai permitir que de facto os agricultores e criadores de gado tenham condições de salvar os seus rebanhos.

A bonificação foi calculada para 20% (por cento) do valor fixo reduzido da ração e com base na quantidade mínima necessária para o salvamento de gado o criador poderá escolher que ração vai adquirir, sendo que foram definidas duas espécies de ração, designadamente a fórmula A e B”, explicou sublinhando que cada vale cheques é de 300 escudos, e com esse instrumento o agricultor só poderá comprar apenas aquilo que for considerado de mínimo para o salvamento do gado.

Para o governante, o vale cheques é um mecanismo e instrumento legal e financeiro que vai permitir a bonificação da política de salvamento de gado com base na aquisição de alimentos para animais a um preço fixo e reduzido.

A atribuição de vale cheques veio na sequência da assinatura de um protocolo de colaboração entre o Governo e as empresas de produção e venda de ração, designadamente, Unidade de Produção de Ração Animal – Rações de Cabo Verde (Upranimal), Moagem de Cabo Verde (Moave), Suinave e Mutivet.

O acordo visa produzir e colocar no mercado ração num preço unificado e reduzido a nível nacional permitindo assim o salvamento do gado. Fonte: Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project