ESPECIAIS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ensino superior a caminho do Porto Novo após um ano lectivo normal no ensino básico e secundário 22 Junho 2022

Apesar das restrições impostas pela Covid-19, o ano letivo 2021/2022 no concelho do Porto Novo decorreu na normalidade. As 31 escolas distribuídas por três agrupamentos funcionaram sem quaisquer dificuldades. Os quase 350 docentes estiveram à altura dos desafios, numa altura em que o destaque vai, segundo autoridades locais, para o arranque do ensino superior em Santo Antão no próximo ano letivo.

Ensino superior a caminho do Porto Novo após um ano lectivo normal no  ensino básico e secundário

O A Semana falou com o delegado da Educação por substituição, Fernando Lima, que confirma que o ano lectivo que está a terminar decorreu sem grandes constrangimentos, inclusive algumas novidades marcaram o período letivo, a começar pela introdução do sétimo ano no Tarrafal de Monte Trigo.

“ A introdução do 7º ano no Tarrafal de Monte Trigo foi a grande novidade deste ano lectivo. No próximo ano lectivo vamos ter uma turma do 8º ano nessa localidade, daí que vamos ter de construir mais uma ou duas salas”, declarou o responsável do ME no Porto Novo.

Fernando Lima falou ainda do transporte escolar, que é uma responsabilidade da Câmara Municipal do Porto Novo, em parceria com o Ministério da Educação, que foi assegurado com toda a normalidade, garantido assim o transporte dos alunos do interior para as escolas secundárias na cidade do Porto Novo e na Ribeira das Patas.

Uma “grande aposta” da delegação do Ministério da Educação no Porto Novo tem a ver com as infraestruturas escolares, mais especificamente com a recuperação do parque escolar no âmbito de um programa que já contemplou várias localidades.

Neste âmbito foi inaugurada no passado dia 18, as obras de reabilitação e
requalificação da escola básica José Pereira Jardim, em Ribeira das Patas, que, além de estar agora de cara nova, também oferece melhores condições de trabalho para os professores e alunos. A área construída foi reabilitada, mas também foram construídas mais duas salas de aula.

O desafio de reabilitação das infraestruturas continua e para o próximo ano letivo estão previstas obras em outras escolas, de entre elas a de Ribeira Corujinha, na cidade do Porto Novo, e em Jorge Luís, no interior do concelho.

O arranque do ensino superior no próximo ano letivo em Santo Antão e no Porto Novo em particular será uma grande aposta das autoridades governamentais e locais, segundo anunciou o edil Aníbal Fonseca em entrevista exclusiva a esta edição Especial do A Semana sobre a festa de São João Baptista e Dia do Município.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project