MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Enterrada viva, marido entregou-se mas ela sobreviveu 12 Dezembro 2021

A baiana Valdenice de 53 anos, dada como desaparecida, foi encontrada na quinta-feira com lesões, amarrada, desidratada e com sinais de confusão mental depois que o companheiro confessou tê-la enterrada viva. Dez dias antes, 29-11, Valdenice saiu de casa para ir falar com o companheiro e terminar a relação.

Enterrada viva, marido entregou-se mas ela sobreviveu

Segundo a irmã da vítima, que pediu para não ter o nome divulgado, Valdenice fez exames e está em casa, mas ainda sem condições de conversar. Ela ainda enviou ao O Globo um vídeo em que o homem confessa a agressão por cíúmes, em forma de "castigo" à mulher que queria terminar a união.

O agressor admite ainda ter amarrado Valdenice, ter cavado a cova de três palmos, e que sabia que ela estava viva quando a enterrou.

O delegado Evy Paternostro, coordenador da 6ª Coorpin/Itabuna, informou por comunicado que as buscas pela mulher foram dificultadas em plena mata fechada. Ao encontrá-la, viram indícios de que teria sofrido agressões na cabeça.

O agressor está detido por cárcere privado. "Já solicitámos a conversão do flagrante em prisão preventiva", disse o delegado.

Fontes: O Globo/. Foto (Facebook): Deixada para morrer na mata, Valdenice ainda não consegue falar.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project