LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Espanha-Canárias: 4 mortos, 29 desparecidos em barco de imigrantes — 1 único sobrevivente 02 Outubro 2022

As autoridades espanholas anunciam a descoberta, este sábado ao largo das ilhas Canárias, quatro mortos a bordo do barco que saiu do Saara ocidental com 34 pessoas seis dias. O único sobrevivente foi resgatado na noite de sexta-feira por um navio mercante. São poucas as esperanças de que os demais 29 passageiros estejam vivos.

Espanha-Canárias: 4 mortos, 29 desparecidos em barco de imigrantes — 1 único sobrevivente

A ONG Caminando Fronteras informou ter recebido um pedido de socorro deste mesmo barco, em 24 de setembro, poucas horas após a sua partida da costa do Saara Ocidental, com 34 pessoas a bordo.

O barco foi encontrado por uma equipa de resgate marítimo espanhol a cerca de 280 quilómetros da ilha de Gran Canaria.

Com a maior vigilância na costa mediterrânica, a rota de migração tem mudado para o Atlântico. É assim que desde o início do ano, cerca de 11.500 migrantes conseguiram atravessar a África para as ilhas Canárias, segundo dados do Governo espanhol, divulgados em 15 de setembro.

Segundo a organização Caminando Fronteras, 978 pessoas morreram a aventurar-se na travessia.

No ponto mais curto, a costa marroquina fica a apenas 100 quilómetros das ilhas Canárias, mas a maioria dos migrantes fazem a travessia a partir da Mauritânia, a 1.000 quilómetros de distância.

O número de migrantes que tentam a travessia atlântica começou a aumentar acentuadamente a partir de final de 2019, quando a maior presença das patrulhas no Mediterrâneo reduziu as travessias por essa via marítima.

Fontes: EFE/El País/website da ong

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project