MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Estados Unidos: Ex-ajudante de xerife ataca loja de Sikhs – “Pensava que eram muçulmanos” 09 Mar�o 2018

O ex-ajudante de xerife decidiu-se na noite de sábado, 3, a lançar a sua viatura pick-up sobre a loja de conveniência, convencido de que estava a “atacar os odiados muçulmanos”.

Estados Unidos: Ex-ajudante de xerife ataca loja de Sikhs – “Pensava que eram muçulmanos”

Fontes policiais referem que Chad Horsley, de 27 anos, entrou estrondosamente na loja explorada por indianos da etnia Sikh, ameaçou os presentes com a arma e saiu com a Caixa ATM na sua carrinha branca, deixando um rasto de destruição. Não foi longe: a polícia chegou logo.

Preso, justificou que como antigo ‘Marine’ estava indignado porque “os ‘Marines’ estão no Médio Oriente a lutar e morrer no combate contra muçulmanos enquanto que na América os muçulmanos prosperam”.

As fontes policiais referem que era a segunda vez que o ex-ajudante de xerife entrava na loja. Uma semana antes, Horsley dizendo que era ajudante de xerife ameaçara os donos de que ia investigá-los porque estariam a traficar estupefacientes.

Segundo o pai, Chad foi durante cinco anos ajudante de xerife, desde os 19 anos até ir para a tropa em 2014. De 2014 a 2016 esteve no Exército. Saiu e desde então, não tem emprego fixo.

A família de Horsley afirma não entender o tresloucado ato, já que “ele é a pessoa menos racista que existe”. “Não reconheço o meu filho, eduquei-o de modo a olhar para o que as pessoas são e não para a sua aparência. Alguma coisa fê-lo desviar-se desse caminho”, lamentou Samuel Horsley, em entrevista ao diário da região da Louisiana, The Advocate.

Horsley está em prisão preventiva desde segunda-feira, 5, enquanto aguarda julgamento por quatro crimes: ódio racial, danos patrimoniais, agressão e falsificação de identidade.

Fontes: Washington Post, The Advocate.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project