ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Euro2021, o recorde de Ronaldo, os sub-21, a Champions do FC Porto e os quatro candidatos a Liga 29 Dezembro 2020

Conforme a Lusa, Portugal vai defender em 2021 o título de campeão europeu, que reteve por mais um ano devido ao adiamento do Euro2020 de futebol e Cristiano Ronaldo deverá tornar-se no maior goleador por seleções da história da modalidade.

Euro2021, o recorde de Ronaldo, os sub-21, a Champions do FC Porto e os quatro candidatos a Liga

A pandemia de covid-19 obrigou ao adiamento do Europeu, que se deveria ter realizado entre junho e julho, em 12 países, fazendo com que a equipa das "quinas" mantivesse, de forma inédita, as "credencias" conquistadas em 2016, em França, por cinco anos.

A formação comandada por Fernando Santos já sabia que teria de enfrentar França e Alemanha, os dois últimos campeões mundiais, no Grupo F do Euro2020, e mais tarde conheceu o derradeiro integrante do grupo, a Hungria, que superou os ’play-offs’ e vai reencontrar a seleção lusa, depois do duelo no Europeu anterior.

Se o título europeu é passível de defesa, o mesmo não acontecerá com o da Liga das Nações, uma vez que Portugal ficou de fora da ’final four’ da segunda edição da prova, que terá lugar em outubro de 2021.

Por outro lado, 2021 será o ano da fase de qualificação europeia para o Mundial2022, que, ao contrário do habitual, face aos constrangimentos causados pela pandemia de covid-19, ficará definida em oito meses, entre março e novembro, com o conjunto luso a ficar integrado no mesmo grupo de Sérvia, República da Irlanda, Luxemburgo e Azerbaijão.

Com a ambição de assegurar a oitava presença numa fase final de um campeonato do mundo, cuja próxima edição se realiza no Qatar, Portugal começará o apuramento com uma receção aos azeris, em 24 de março, e terminará a fase de grupos com o duelo caseiro com os sérvios, em 14 de novembro.

Portugal terá, pelo menos, 11 jogos em 2021, ano que marcará a quase certa ascensão de Cristiano Ronaldo ao ’trono’ de melhor marcador de sempre por seleções, numa altura em que está a sete golos do recordista, o ex-futebolista iraniano Ali Daei, que soma 109, face aos 102 do capitão da seleção nacional.

As cores lusas vão estar igualmente representadas no Europeu de sub-21, com a formação comandada por Rui Jorge de regresso à prova continental, depois da ausência em 2019. Inglaterra, Suíça e Croácia são os adversários da equipa lusa na fase de grupos de uma competição que terá 16 seleções, ao invés das habituais 12.

Também o FC Porto está entre as 16 melhores equipas, mas da Liga dos Campeões, ao ter-se apurado para os ’oitavos’ da prova ’milionária’. Os ’dragões vão medir forças com a Juventus, de Cristiano Ronaldo, em fevereiro (primeira mão) e em março (segunda), e entrarão em 2021 envolvidos em todas as competições: campeonato, Taça da Liga, Taça de Portugal e ’Champions’.

Da mesma forma, Benfica e Sporting de Braga também continuam em quatro provas, embora ambos disputem a Liga Europa, na qual chegaram aos 16 avos de final, cujos encontros estão marcados para o final de fevereiro. Os ’encarnados’ vão ter pela frente os ingleses do Arsenal, enquanto os minhotos vão reencontrar o técnico Paulo Fonseca, que comanda os italianos da Roma.

Na I Liga, FC Porto, Benfica e Sporting de Braga são concorrentes na luta pelo título de campeão, mas quem vai entrar em 2021 no topo é o surpreendente Sporting, liderado por Rúben Amorim, que apenas cedeu dois empates na principal competição nacional e mantém-se como única formação invicta.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project