DIÁSPORA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Eurodeputada de origem cabo-verdiana deixa Partido Democrático do Luxemburgo 28 Janeiro 2021

A Eurodeputada de origem cabo-verdiana, Mónica Semedo, eleita pelo Partido Democrático (DP) do Luxemburgo, anunciou na noite desta terça-feira, 26, a sua saída do partido, após a sua suspensão do Parlamento Europeu, devido à acusações de assédio moral contra os seus assistentes parlamentares, avançou o jornal Luxemburguês Contacto.

Eurodeputada de origem cabo-verdiana deixa Partido Democrático do Luxemburgo

Essa decisão surge depois do caso de assédio moral a três membros da sua equipa no cargo de eurodeputada, que levou o presidente do Parlamento Europeu, o italiano David Sassoli, a suspendê-la no dia 18 das suas funções por um período de 15 dias.
Na sequência deste caso, informou, os três assistentes parlamentares da deputada de origem cabo-verdiana despediram-se dos cargos.

Depois do anúncio da eurodeputada, o Partido Democrático, através de uma nota, disse ter tomado conhecimento da decisão de Mónica Semedo através das redes sociais.
Filha de imigrantes cabo-verdianos no Luxemburgo, Mónica Semedo conquistou um assento no Parlamento Europeu pelo DP em Maio de 2019.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project