ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Exportações cabo-verdianas de conservas e peixe congelado aumentaram 20% até fevereiro 02 Junho 2022

O valor das exportações cabo-verdianas de conservas e peixe congelado aumentou quase 20% até fevereiro, para 3,6 milhões de euros, face aos dois primeiros meses de 2021, segundo dados oficiais compilados hoje pela Lusa.

Exportações cabo-verdianas de conservas e peixe congelado aumentaram 20% até fevereiro

De acordo com o mais recente relatório estatístico do Banco de Cabo Verde (BCV), que detalha as exportações, este volume de vendas de conservas e peixe congelado - que representa mais de 80% das exportações do arquipélago -, ascendeu, de janeiro a fevereiro deste ano, a praticamente 400 milhões de escudos (3,6 milhões de euros).

Segundo escreve a Lusa, nos dois primeiros meses de 2021, esse volume de exportações foi de quase 334 milhões de escudos (três milhões de euros), o que se traduz num aumento de 19,7% tendo em conta o desempenho do setor das conservas e peixe congelado do país em janeiro e fevereiro deste ano, segundo os mesmos dados.

O valor das exportações cabo-verdianas de conservas e peixe congelado já tinha crescido 1,6% em 2021, face ao ano anterior, para mais de 4.197 milhões de escudos (38 milhões de euros), segundo dados oficiais noticiados anteriormente pela Lusa.

Nos 12 meses de 2020, essas vendas foram de 4.133 milhões de escudos (37,5 milhões de euros).

Contudo, segundo a mesma fonte, este desempenho ainda fica abaixo das exportações de conservas e peixe congelado anteriores à pandemia, que foram de 5.734 milhões de escudos (52 milhões de euros) em 2018 e de 4.856 milhões de escudos (44 milhões de euros) em 2019, conclui a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project