ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Detido no MCC-NY ex-PR hondurenho extraditado por narcotráfico punível com perpétua nos EUA 25 Abril 2022

Extraditado num voo da DEA na quinta-feira 21, Juan Orlando Hernández (presidente entre 2014 e 2022) é acusado de ter traficado "mais de 550 toneladas de cocaína" para os Estados Unidos, além de armas e de diversos subornos, entre os quais um milhão de dólares de ’El Chapo’ para financiar a campanha de 2013. O chefe de Estado hondurenho duas vezes eleito arrisca, aos 53 anos, passar o resto da vida numa cadeia norte-americana. De momento está detido no MCC-Centro Correcional Metropolitano, situado em Manhattan, NY.

Detido no MCC-NY ex-PR hondurenho extraditado por narcotráfico punível com perpétua nos EUA

A lei que permite a extradição de cidadãos hondurenhos — no âmbito da luta contra o tráfico de armas e de estupefacientes, o terrorismo — foi muito criticada desde a sua aprovação em 2012. O governo foi acusado de ter desistido de reformar o sistema de justiça das Honduras.

Hernández — que segundo os Estados Unidos tem estado envolvido com o narcotráfico desde 2004 — está doravante entre os mais de trinta hondurenhos extraditados, desde 2014, para os Estados Unidos. É exposta assim à "evidência a debilidade da justiça hondurenha".

Justiça dos EUA entra na América Latina

Centenas de latino-americanos acusados de narcotráfico, numa lista que inclui figuras de alto ranking político, têm vindo a ser extraditados para os Estados Unidos onde o Departamento de Defesa tem podido contar com a colaboração dos governos do México, Colômbia, Nicarágua, Honduras,...

México. Desde outubro de 2020, o general Salvador Cienfuegos, ex-secretário de Estado da Defesa do México, está detido nos Estados Unidos sob as acusações de produção e distribuição de estupefacientes e lavagem de capitais. O moral das tropas, Exército e Força Aérea do México está de rastos mas muitos continuam a suspeitar que tudo fez parte da estratégia eleitoral de Trump.

O "herói de mil batalhas" , "general temido por todos" é acusado de ter entre 2015 e 2017 colaborado com o ’Cartel Beltrán-Leyva’ fundado pelos irmãos Arturo, Alfredo, Alberto, Carlos e Héctor Beltrán Leyva após deixarem o cartel de Sinaloa, liderado por Joaquín Guzmán Loera "El Chapo".

O também mexicano Joaquín Guzmán Loera "El Chapo", barão da droga líder do cartel de Sinaloa, está detido desde 2016 numa prisão do Colorado. Lendário fora-da-lei, as suas duas fugas da prisão — em 2001, ao fim de oito anos detido, e em 2015, um ano depois de recapturado ao fim de c. treze anos em fuga (19 jan. 2001 a 22.fev.2014) — tornaram-se históricas.

...
Fontes: AP/AFP/Reuters/EFE/www.laprensa.hn/honduras/... Fotos (AFP/Getty): Presidente das Honduras (2014-22) — agraciado com a ’Ordem do Jade Brilhante’ da China, que atribui a honraria exclusivamente a "Chefes de Estado de países amigos" —, Hernández desembarcou na 5ªfª 21, nos Estados Unidos, procedente da base aérea de Tegucigalpa num voo da DEA, a agência norte-americana de combate ao narcotráfico.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project