ANÚNCIOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Extrato de Justificação Notarial 1ª PUBLICAÇÃO 31 Outubro 2022

— -Certifico, narrativamente, para efeitos de primeira publicação nos termos do disposto no artigo 100 º do Código do Notariado, alterado pelo Decreto-Lei n º 45/2014 e 20 de agosto, que de fls. 1 vº a fs 2 vº do livr de notas para escrituras diversas número 55-B desta Conservatória/Cartório se encontra exarada uma escritura de JUSTIFICAÇÃO NOTARIAL, com data de trinta e um de outubro de dois mil e vinte e dois, na qual

Extrato de Justificação Notarial 1ª PUBLICAÇÃO

o Sr. JORGE ANTÓNIO CORREIA BARBOSA, com NIF 172702100, divorciado, natural da freguesia de São Lourenço, concelho de São Filipe, residente nos Estados Unidos da América, se declara com exclusão de outrem, dono e legítimo possuidor dos seguintes prédios: a) um prédio urbano, coberto de betão armado, tendo cave com: uma sala, três quartos, uma cozinha, uma casa de banho e uma varanda. Rés-do-chão com uma cozinha, uma casa de banho, uma loja e uma garagem, com área de cento e quatro vírgula oitenta e cinco metros quadrados, localizado em Pico Lopes, confrontando a o norte com estrada, sul, este e oeste com proprietários, inscrito na matriz predial urbana da freguesia de São Lourenço sob o número 990/0. Com valor matricial de cinco milhões, trezentos e noventa e seis mil escudos; b) prédio urbano, coberto de betão e telha, tendo no rés-do-chão uma sala, dois quartos, uma cozinha, um WC e um quintal, com área de cento e oitenta e quatro vírgula trinta e sete metros quarados, localizado em Pico Lopes, confrontando em todos os lados com Alfredo Barbosa, inscrito na matriz predial urbana da freguesia de São Lourenço sob o número 608/0, com valor matricial de dois milhões, cento e sessenta e nove mil escudos, omissos no registo predial.--------------------------------------------------- Que adquiriu os referidos prédios por os ter construído de raiz, com recurso a seu material e dinheiro, o primeiro num terreno adquirido por compra no falecido Lino Lopes Pereira, desde mil, novecentos e noventa, o segundo num terreno adquirido por compra no falecido Abílio Santos Lobo, desde mil, novecentos e noventa e um, ambos vendedores anteriores possuidores dos mesmos há mais de vinte anos, sem que ele justificante, em ambas as compras pudesse dispor de título suficiente para registo predial.-------------------------------------------------------------------------------------------- Que está na posse e fruição dos imóveis desde as referidas construções e o vem exercendo sucessivamente e em nome próprio, de forma pacifica, de boa fé e ostensivamente com conhecimento de toda a gente, aonde vem atuando como verdadeiro proprietário e sem oposição de outrem, pelo que julga ter adquirido nas circunstancias descritas o direito de propriedade sobre os referido imóveis, por usucapião, o que invoca para efeitos de primeira inscrição no registo predial.----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Está conforme o original.-------------------------------------------------------------------------------------
— - São Filipe e Conservatória dos Registos e Cartório Notaria da Região de São Filipe, aos trinta e um de outubro de dois mil e vinte e dois.---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Conta: Reg. Sob o n.º/ /
Artigo 20º.4.2………………1.000$00 O Conservador/Notário

Selo do acto…………………...200$00 /Paulo Jorge Barbosa Correia de Pina/

Soma:………...…………….. 1.200$00- São: Mil e duzentos escudos.

https://www.asemana.publ.cv/IMG/pdf/1_publicacao_jorge_barbosa.pdf

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project