MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

FBI encerra caso da blogger Gabby Petito — Noivo confessou 23 Janeiro 2022

Este sábado o FBI anunciou que o "caso Gabby Petito" — um dos 600 mil desaparecimentos do ano nos Estados Unidos — está resolvido com a confissão escrita que Brian Laundrie deixou. "Uma revisão do caderno do sr. Laundrie revelou que ele confessa ser o responsável pela morte" da noiva por "estrangulamento manual".

FBI encerra caso da blogger Gabby Petito — Noivo confessou

A confissão escrita "revista" esclarece, segundo o FBI, que "os pais do sr. Laundrie não tiveram qualquer envolvimento no caso".

Contudo, está agora em silêncio a família dela. Em setembro — quando o FBI confirmou que eram de Gabby "os restos mortais encontrados no parque natural do Wyoming em 11-9" — os pais dela pediam aos Laundries para assumirem as suas "responsabilidades".

Vários comentários na webesfera — que inclui seguidores da blogger — mostram o ceticismo da América que segue o caso há quantro meses e agora espera que o FBI continue a investigar o envolvimento do pai e da mãe de Brian.

Erro da polícia que não investigou "VGB praticada por Gaby"

O FBI transcreve o relatório que investigou a atuação da polícia de Utah e que indica os erros "involuntários" dos agentes que não detetaram os sinais de que ela era a vítima de violência e não a principal agressora. Foi em 12 de agosto que agentes abordaram o casal após um automobilista avisar sobre um caso de VBG na estrada. Uma câmara da polícia gravou o encontro: Gabby chora quando o agente a aborda depois de os mandar parar na lateral da estrada (foto). Ela explicou que sofria de "transtorno obsessivo-compulsivo", enquanto Brian diz: "Estávamos apenas a discutir. Nada de mais".

Gabby diz: "Desculpe-me, estivemos a brigar esta manhã. Alguns problemas pessoais. Estava a reagir, porque ele não parava de me dizer para me acalmar". Ela acrescentou que durante a briga, em que arranhou e deu socos a Brian, a viatura acabou por embater num buraco na estrada.

A polícia de Moab decidiu tratar o caso como um problema de "stress mental" (da jovem) e não como violência doméstica, dela contra Brian — que chama a namorada de "louca" para explicar os arranhões que ela lhe fez no rosto, pescoço e braços.

Segundo os registos da polícia de Moab, ela dormiu na autocaravana e ele num hotel, "mas o casal seguiu viagem e nenhum dos dois prestou queixa".

Três meses depois do FBI comunicar que "os restos mortais encontrados na reserva natural da Flórida" são de Brian Laundrie, a mesma entidade anuncia que pode enfim fechar o caso do mistério Gabby Petito graças à revisão dos apontamentos (na foto do canto inferior esquerdo) que o responsável deixou, a confessar o seu crime.

Desaparecidos —sem solução

Só nos Estados Unidos ocorrem "mais de 600 mil desaparecimentos de pessoas em cada ano", segundo o NamUs-Sistema Nacional de Pessoas Desaparecidas e Não-Identificadas.

Cerca de 90 por cento dos casos têm uma conclusão. Os desaparecidos são encontrados, vivos ou mortos e o caso é dado por resolvido.

Ficam à volta de 60 mil casos por resolver, em alguns casos "porque não há ninguém preocupado com o seu desaparecimento", segundo a referida fonte.

Muitos dos desaparecimentos por resolver ocorrem em zonas de florestas cuja supervisão cabe ao Serviço de Parques tutelado pela Administração Interna ou ao Serviço Florestal sob tutela do Departamento de Agricultura, indica a organização North America Bigfoot Search.
— -

Fontes: CNN/BBC/NY Times/Sites referidos. Relacionado: Blogger assassinada: Mais mistério com morte do noivo de Gabby Petito, 24.out.021. Fotos: O casal de namorados e par de bloggers. O seu fim trágico em dois pontos, distantes em mais de três mil quilómetros.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project