NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fadista Catarina Rocha apresenta seu novo single “Renascer” 31 Janeiro 2021

A fadista portuguesa, Catarina Rocha encontra-se já em fase de preparação do seu novo álbum que sucederá a “VIDA”, e até que fique disponível ao público, apresenta mais um single - “Renascer”, que terá edição digital nesta sexta-feira, 29.

Fadista Catarina Rocha apresenta seu novo single “Renascer”

De acordo com uma nota enviada ao asemanaonline, "Renascer" tem música de Manuel Graça Pereira e letra de Paulo Abreu Lima, a quem Catarina Rocha deseja homenagear.

“Enquanto escolhia os poemas para o disco “VIDA”, a fadista já tinha na sua mente as temáticas que gostaria de abordar. Era seu desejo que “VIDA” retratasse vivências, sentimentos, sensações, angústias e alegrias…. E, assim nasceu “Renascer”, em que Paulo Abreu Lima colocou toda a sua arte ao pedido de Catarina Rocha”, diz a nota.

Para catarina Rocha, o objetivo da letra seria abordar um assunto recorrente nos relacionamentos entre casais que se amam, onde as divergências existem e são constantes. O facto de serem pessoas com gostos e opiniões divergentes, de gostarem de coisas distintas, e que por vezes, os leva a um afastamento.

“Renascer, reflete a vida de alguém que adora sair, dançar, divertir-se, estar com amigos, mas o seu companheiro é precisamente o oposto, mais retraído, recatado, discordante a esse respeito”, sublinha em comunicado.

Sabe-se que Paulo Abreu Lima enviou a letra a Catarina Rocha, que gostaria de modificar apenas uma frase no refrão, mas que não se sentia à vontade para abordá-lo e interferir no poema. Catarina Rocha, em conversa com o seu produtor, onde transmitiu a alegria de poder contar com um poema da autoria de Paulo Abreu de Lima no seu disco, e falando-lhe dessa frase, foi desde logo, aconselhada a falar abertamente a Paulo Abreu de Lima, que prontamente lhe respondeu: “estás completamente à vontade! Para mim o mais importante é sentires-te bem a cantar o que escrevo, e se algo não estiver na métrica ou se preferires mudar alguma palavra ou frase menos “cantável”, estás completamente à vontade”!

Respondendo ao Paulo, a fadista achou a opinião “bastante” engraçado. “Foi até bastante engraçado, pois eu perguntei ao Paulo se o refrão fala em “saltei pela janela” (frase que gostaria de alterar), e se a pessoa mora num 5º andar?
Por conseguinte, o Paulo com o seu sentido de humor, disse: “sem problema! Esta pessoa vive numa vivenda, é rés do chão! Estava com tanta vontade de sair de casa que saltou logo pela janela”, esclarece.

Nascida em Viseu, Portugal, em 1987, Catarina Rocha cedo começou a desenvolver uma forte aptidão pela música. A sua mãe costumava gravá-la a cantar, aos cinco anos, quando tentava reproduzir as músicas que ouvia na televisão e na rádio. “Cresci a ouvir música pop, blues, jazz e até country, mas também muito fado. A Amália Rodrigues foi a minha primeira paixão no fado e esse foi um gosto que ficou cá dentro”, refere a cantora, que considera que encontrou no fado “uma verdade em cada palavra, é visceral, algo que vem da alma”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project