ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fernando Elísio Freire e Amadeu Cruz empossados como ministros da Família e Inclusão Social e da Educação 08 Dezembro 2020

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, concedeu posse hoje ao ministro da Família e Inclusão Social, Fernando Elísio Freire, e ao ministro da Educação, Amadeu Cruz, que assumem as pastas anteriormente pertencentes à ex-ministra Maritza Rosabal.

Fernando Elísio Freire e Amadeu Cruz empossados como ministros da Família e Inclusão Social e da Educação

A cerimónia de tomada de posse dos novos ministros que vão tutelar as áreas que eram geridas pela ex-ministra da Educação, Família e Inclusão Social, Maritza Rosabal, que pediu a demissão do Governo recentemente, por questões pessoais, foi assistida pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

O chefe do Executivo, que considerou o acto como um “pequeno arranjo governamental” mostrou “total confiança” no ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, que assume a pasta da Família e Inclusão Social, e do secretário de Estado para a Educação, Amadeu Cruz, que assume o sector da Educação.

“Ele aguenta-se bem, ele já tem Juventude e Desporto e faz todo sentido este enquadramento com a Família e Inclusão Social, tem um secretário de Estado, portanto, em termos da coordenação política da actividade de dinamização desses sectores, está bem entregue” afirmou Ulisses Correia e Silva, quando abordava a quantidade de pastas assumidas pelo ministro Fernando Elísio Freire.

Questionado se a quatro meses das eleições legislativas faz sentido um reajuste do elenco governamental, o chefe do Executivo afirmou que faz sempre sentido, porque, justificou, a governação faz-se até ao último dia do mandato e que aquilo que terá que ser feito será feito em qualquer área, realçando que a governação não poder estar condicionada a períodos pré-eleitorais, pelo que a acção governativa não pode ser suspensa.

Quanto às críticas ao desempenho da ex-ministra da Educação, Maritza Rosabal, disse que o Governo avalia “positivamente” o desempenho da mesma, particularmente nas reformas do sector educativo, salientando que essa medida será um legado que deixará para referida área.

Por seu lado, o ministro da Educação, Amadeu Cruz, mostrou-se grato pela nomeação, salientando que assumir o sector educativo será um novo desafio, mas que é uma pasta que conhece por ter desempenhado as funções de secretário de Estado.

Prometeu dar continuidade o trabalho realizado até agora e fazer os ajustamentos “caso for necessário”, mostrando-se, por outro lado, disponível para “dialogar com todos os sindicatos, os representantes dos pais e a comunidade académica” na criação de um “ambiente favorável” ao desenvolvimento do sector da Educação e do ensino superior.

“Já temos estado em diálogo com o sector do ensino superior, vamos agora reforçar o diálogo com o sector do ensino básico e secundário, envolvendo os professores, sindicatos e criando um ambiente favorável para que haja de facto um pacto nacional a volta das questões da educação”, afirmou, considerando que o sector educativo “extravasa os horizontes dos mandatos” e deve haver “uma convergência com as partes envolvidas na construção de um sistema robusto”.

Por seu turno, o ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, que assume a pasta da Família e Inclusão Social, disse que se sente “motivado” para encarar este novo desafio de “cuidar das famílias cabo-verdianas”, principalmente neste momento de crise causada pela pandemia da covid-19.

“O Governo, para além de tudo que tem feito de uma forma extraordinária, com a gratuitidade do ensino, permitindo o maior acesso a saúde, a gratuitidade do reforço da cantina escolar, do acesso ao rendimento através do rendimento social de inclusão, tudo isto é preciso reforçar”, declarou, destacando que as políticas implementadas pelo actual Governo na área social são “políticas consistentes” que permitiram garantir uma “maior inclusão social no País”.

Abordando sobre a quantidade de pastas que agora assume no Governo, Fernando Elísio Freire retirou que está “engajado” em trabalhar em prol do desenvolvimento de Cabo Verde e que continuará a fazer a coordenação política do executivo como sempre fez. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project