ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Filial cabo-verdiana do Ecobank com melhor resultado de sempre em 2019 20 Agosto 2020

Os lucros da filial de Cabo Verde do banco pan-africano Ecobank aumentaram 120% em 2019, para quase 1,6 milhões de euros, resultado que a administração afirma ser o “melhor de sempre”.

Filial cabo-verdiana do Ecobank com melhor resultado de sempre em 2019

Segundo escreve a Lusa, de acordo com o mais recente relatório e contas do Ecobank Cabo Verde, a que a Lusa teve hoje acesso, os resultados de 2019 permitiram recuperar “todo o capital perdido desde o lançamento” do banco.

Fundado em 1985, no Togo, o Ecobank Transnational Incorporated é um grupo bancário pan-africano presente em 36 países daquele continente e o segundo maior banco em África, tendo a filial em Cabo Verde iniciado atividade em julho de 2009.

Apesar do histórico resultado líquido de 173.841.542 escudos (1,56 milhões de euros) em 2019, seguindo a orientação do banco central cabo-verdiano face aos impactos da covid-19 no setor bancário, a administração do Ecobank Cabo Verde decidiu não distribuir dividendos pelos accionistas, escreve Lusa.

Segundo a mesma fonte, o lucro de 2019 será assim aplicado em reservas legais e resultados transitados para 2020, esclarece a administração.

“A filial conseguiu cumprir com todos os rácios críticos do grupo, reforçar a sua presença no mercado nacional, em alinhamento com a visão estratégica da Ecobank Transnational Incorporated, podendo assim contribuir para o suporte efetivo do desenvolvimento do tecido empresarial, a inclusão financeira e a digitalização do país”, lê-se na mensagem do presidente do conselho de administração do Ecobank Cabo Verde, José Carvalho Veiga.

À semelhança dos anos anteriores, “a maior parte” das receitas do banco “foi realizada através do financiamento das grandes empresas, nomeadamente os principais atores do turismo e da cadeia de valor, bem como o Estado de Cabo Verde”, escreve Lusa.

Lusa explica que, entre estes, a administração destaca as operações de financiamento às empresas estatais cabo-verdianas do setor da aviação, “que explicam em grande parte o nível de resultado líquido positivo” de 2019, o qual contrasta com os 79,3 milhões de escudos (716 mil euros) em 2018.

A agência de notícia avançou que, a administração destaca que em 2019 foram concluídas “algumas transações importantes que tiveram um forte impacto” no portfólio do banco, nomeadamente os financiamentos às estatais Aeroportos e Segurança Aérea (ASA), no valor de 330 milhões de escudos (três milhões de euros), e Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV), de 594 milhões de escudos (5,3 milhões de euros).

Segundo o relatório e contas, avança a fonte, o crédito concedido pelo Ecobank Cabo Verde cresceu 44% em 2019, depois do aumento de 4% entre 2017 e 2018.

Conforme ainda a Lusa, no encerramento do exercício de 2019, o crédito do banco em Cabo Verde atingia quase 2.910 milhões de escudos (26,2 milhões de euros), enquanto o número de clientes aumentou 16%, para 4.707, sobretudo na área empresarial.

A fazer fé na mesma fonte, Contudo, o banco viu o volume de crédito e juros vencidos quase duplicar em 2019, chegando a quase 17,5 milhões de escudos (160 mil euros).

Com o resultado a “manter-se positivo em 2019”, a rentabilidade do banco continuou igualmente positiva, permitindo à filial cabo-verdiana “apresentar um retorno sobre os capitais próprios de 19,18% contra 10,78% em finais de dezembro de 2018”, enquanto o custo de capital se fixou em 18,4%, refere a notícia avançada pela Lusa.

Por este motivo, explica a administração, o Ecobank Cabo Verde “apresenta em 2019 um retorno sobre capital superior aos custos de capital, respeitando uma das exigências maiores da casa mãe. Para além disso, o Ecobank recuperou o capital perdido pela filial durante os primeiros anos de sucessivos resultados negativos”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project