INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Filipinas: Vulcão Taal forçou à retirada de mais de 30 mil pessoas 15 Janeiro 2020

Devido à iminente erupção explosiva nas ultimas 24 horas, do vulcão Taal, em Filipinas, que gerou fontes de lava de 500 metros de altura e colunas de fumo de dois quilómetros e durante toda a noite, obrigou às autoridades a ficarem num estado de alerta retirando mais de 30 mil pessoas da zona.

Filipinas: Vulcão Taal forçou à retirada de mais de 30 mil pessoas

Segundo o instituto de Vulconologia e Sismologia das Filipinas (Phivolcs) citado pela Inforpress, no domingo elevou o alerta para o nível 4 numa escala de 5, acrescentou que o vulcão provocou ainda 212 sismos, 81 dos quais foram sentidos, e que as cinzas cobriram vários municípios vizinhos.

“O nível de alerta 4 indica que uma erupção perigosa está “iminente”, bem como o risco de tsunami. O Taal está localizado na ilha de Luzon, nas Filipinas, entre as cidades de Talisay e San Nicolas, na província de Batangas,” acrescenta.

De acordo com a agência cabo-verdiana de notícias, a cerca de 60 quilómetros a norte do vulcão, na Capital, muitos serviços já retornaram a normalidade, excepto as escolas que continuem fechadas e vários voos tenham sido cancelados no aeroporto de Manila, que chegou a estar encerrado no Domingo.

De salientar que o vulcão taal é um activo tipo peleano, localizado na ilha de Luzon, nas Filipinas, entre as cidades de Talisay e San Nicolas. É uma ilha dentro do lago Taal. O vulcão já teve diversas erupções violentas, tendo causado a morte de cerca de cinco a seis mil vítimas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project