ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo: Acesso à praia cais é uma estrada de valor que beneficia a população e a economia – PM 31 Janeiro 2021

A estrada de acesso à praia cais, na localidade de Relva (Mosteiros), é uma obra de valor que beneficia a população e a economia do município, disse, sábado, o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Fogo: Acesso à praia cais é uma estrada de valor que beneficia a população e a economia – PM

Segundo a Inforpress, o chefe do Governo presidia a inauguração da estrada com pouco mais de um quilómetro de extensão e uma faixa de rodagem de quatro metros em calçada e que custou cerca de 25 mil contos financiado no âmbito do projecto Reabilitação e Manutenção de estradas por Desempenho e Obrigação de Resultado (Remador).

“É um bom investimento que beneficia a economia, o emprego, rendimento e a população”, afirmou, razão porque quando a associação de Relva lançou o desafio para construir esta estrada o Governo não hesitou e agora tem a obra concluída depois de cerca de sete meses de trabalho.

Ulisses Correia e Silva considerou que o 30 de Janeiro foi um dia importante e, por isso, concentrou apenas na inauguração da estrada, não querendo misturar com outras coisas, nomeadamente os reptos lançados pela câmara dos Mosteiros, porque, explicou “esta estrada é importante demais para ser misturada com outras coisas” (ver peça neste jornal).

Para o chefe do Governo citado pela Inforpress, esta estrada tem uma grande importância porque vai ao encontro de uma necessidade de acesso a uma zona piscatória de excelência, que permite às pessoas ter acesso ao local e reduzir encargos e sacrifícios, com impacto na economia do município e da qualidade de vida.

Ulisses Correia e Silva apelou à comunidade de Relva e dos Mosteiros, de uma forma geral, a fazer bom uso dessa infra-estrutura e usar esta nova possibilidade com menos castigo e maiores condições e qualidade de vida.

O vereador Jaime Monteiro Júnior, que representou a câmara na cerimónia, enalteceu a importância desse investimento que permitiu em tão curto espaço de tempo desencravar a baía de praia-cais, viabilizar e potenciar este importante banco de pesca da ilha e do município dos Mosteiros.

Mas o político realçou que a ambição da Câmara é maior e pediu ao chefe de Governo para mandar desbloquear os mais de 50 mil contos destinados a Mosteiros que se encontram retidos no Tesouro. (ver peça neste jornal).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project