CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo: Águabrava reduz para um quinto os gastos com energia convencional com instalação de parques fotovoltaicos 14 Maio 2021

A Empresa Intermunicipal de Águas (Águabrava) vai reduzir para um quinto, as despesas com o consumo de energia convencional no sistema de exploração e bombagem de água com a instalação de parques fotovoltaicos.

Fogo: Águabrava reduz para um quinto os gastos com energia convencional com instalação de parques fotovoltaicos

A empresa, que tem a funcionar a nível da ilha neste momento, 11 parques fotovoltaicos nas estações de bombagem vai receber, na próxima segunda-feira, 17, a obra de instalação do parque fotovoltaico de Achada Malva com uma potência instalada de 36 kwatts/pico (KWP),conforme a Inforpress.

“A obra foi financiado com os recursos dos governos de Cabo Verde e do Grão-Ducado do Luxemburgo, através do Programa de Apoio ao Sector de Água e Saneamento (PASEA)”, escreve a fonte.

O administrador/delegado da Empresa Intermunicipal de Águas (Águabrava), Rui Évora, afirmou à Inforpress que, com a conclusão da instalação do parque de Achada Malva, eleva-se para 12 o número de parques fotovoltaico com um total de 578 kwatts/pico (KWP), representando um investimento global na ordem de 85 mil contos cabo-verdianos.

Ainda, segundo a nossa fonte, os investimentos permitiram, em 2020, reduzir os custos de energia convencional utilizada para exploração e bombagem de água na ordem dos 15 por cento (%), correspondendo a 11 mil contos e a projeção para 2021 é de reduzir para 20%, um quinto dos gastos, correspondendo a 16 mil contos de poupança só com energia.

“A redução dos custos tem sido progressiva, desde 2019, ano e que a poupança no consumo de energia convencional foi de 8.500 contos (11%), passando para cerca de 11 mil contos em 2020 (15%) e para este ano a projeção é para 16 mil contos (20%)”, cita a Inforpress.

Para este ano, além da entrada em funcionamento de mais um parque fotovoltaico, a empresa prevê o alargamento do parque de Alvito em mais 60 kwatts/pico de potência e a construção de um novo parque em Pedro Homem com uma potência de 25 KWP, ampliando para mais de 660 KWP a potência instalada a nível da ilha do Fogo com sistema fotovoltaico para exploração e bombagem de água, noticia a nossa fonte.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project