SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo: Alunos do quinto e sexto ano do município de Santa Catarina vão estudar na própria localidade 03 Setembro 2020

Os alunos do quinto e sexto anos do Ensino Básico Obrigatório (EBO) do município de Santa Catarina do Fogo não serão deslocados como no ano passado, passando assim a estudar nas próprias localidades.

Fogo: Alunos do quinto e sexto ano do município de Santa Catarina vão estudar na própria localidade

Segundo a Inforpress, a informação foi avançada pelo delegado do Ministério da Educação de Santa Catarina do Fogo, Osvaldo Rodrigues, onde realçou que com esta medida os 23 alunos do 5º e 6º anos de Chã das Caldeiras, que antes se deslocavam para Achada Furna, vão permanecer na própria localidade, sendo que a delegação do Ministério da Educação fará deslocar os professores para ministrar as aulas.

Osvaldo Rodrigues indicou que a delegação está a trabalhar os cenários para o ano lectivo 2020/21 e tratando-se de escolas do meio rural, “o número de alunos é muito reduzido, podendo assim funcionar nas localidades sem nenhum constrangimento”, escreve Inforpress.

Sgundo a mesma fonte, este disse que a partir do 7º ano de escolaridade as turmas serão divididas em dois grupos, sendo que um grupo assiste as aulas às segundas, quartas e sextas e outro grupo às terças, quintas e sábados devido à situação provocado pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“Este ano lectivo vai ser um desafio enorme. Estamos a trabalhar os cenários de regresso às aulas, seguindo escrupulosamente as regras de higiene e de saneamento das escolas para assegurar as condições que reduzam a transmissão da doença”, afirmou Osvaldo Rodrigues, observando que se vai apostar na lavagem das mãos e manter o distanciamento necessário.

Com relação às escolas que estão a ser reabilitadas, nomeadamente as de Mãe Joana, Estância Roque, Complexo Educativo Eduardo Gomes Miranda e de Achada Furna, este indicou que estão na fase final e tudo aponta que o ano vai iniciar sem nenhum constrangimento, nem de espaço nem de corpo docente, refere a notícia avançada pela Inforpress.

No ano lectivo 2019/20, não obstante a situação de pandemia, a nível do Ensino Básico Obrigatório a taxa de aproveitamento ultrapassou os 90 por cento (%) e no ensino secundário à volta dos 80%.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project