Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo/Brava: Carlos Veiga em ofensiva de terreno com comícios e passeatas 08 Outubro 2021

O candidato presidencial Carlos Veiga, apoiado pelo MpD e pela UCID, esteve, nesta quinta-feira, numa forte ofensiva política de terreno nas ilhas do Fogo e Brava. Comícios, passeatas e contatos personalizados com os eleitores foram as ações que dominaram a agenda da campanha do CV nesta região mais a sul de Cabo Verde.

Fogo/Brava: Carlos Veiga em ofensiva de terreno com comícios e passeatas

Fogo/Brava: Carlos Veiga em ofensiva de terreno com comícios e passeatas

O candidato presidencial Carlos Veiga, apoiado pelo MpD e pela UCID, esteve, nesta quinta-feira, numa forte ofensiva política de terreno nas ilhas do Fogo e Brava. Comícios, passeatas e contatos personalizados com os eleitores foram as ações que dominaram a agenda da campanha do CV nesta região mais a sul de Cabo Verde.

Após ter cumprido a primeira semana da campanha para as presidenciais de 17 de outubro, o presidenciável Carlos Veiga elegeu a região Fogo/Brava para, durante esta quinta-feira, realizar uma série de ações da campanha eleitoral. Mostrou satisfeito por considerar que tudo correu como planeado. Destacou que recetividade tem sido grande por todos os sítios por onde tem passado e que o apoio expresso de forma direta e espontânea a ele nos contatos personalizados o tem deixado convito na sua eleição logo na primeira volta.

Conforme apurou a reportagem do Asemanaonline, Veiga chegou ao Fogo no mesmo avião que transportou, para Praia, o seu rival mais direto, José Maria Neves. Depois de uma breve passeata por alguns bairros da cidade de São Filipe, logo após a sua chegada, o candidato Carlos Veiga deslocou-se à vizinha ilha Brava para ação da campanha, donde regressou, no início da noite desta quinta-feira, para presidir um comício no centro da cidade de São Filipe.

Nesta sexta-feira, antes do seu regresso à Cidade da Praia no início da tarde, Carlos Veiga e os ativistas da sua candidatura vão estar em ação de campanha ao nível da ilha do Fogo.

Em termos de balanço, Carlos Veiga reafirmou à imprensa que a campanha tem estado a decorrer como programado, reconhecendo, porém, a necessidade de se reforçar e afinar pequenos aspetos e a adequar os discursos para cada situação em concreta e em função do sítio/ilha.

O candidato apoiado pelo Movimento para a Democracia (MpD) e pela União Cabo-verdiana Independente Democrática (UCID) centraliza a sua mensagem na estabilidade política e governativa do país, sublinhando que a maioria do eleitorado revê na sua plataforma. Chamou atenção pelo facto de existir candidatos que pretendem ser o contraponto do governo.

Para «Kalu» a estabilidade é um valor fundamental e Cabo Verde não pode perdê-la. Anunciou que pretende ser um Presidente que garanta a estabilidade política e governativa do país.

Candidatos ausentes e ações da equipa de JMN

Já o staff da candidatura de José Maria Neves, que regressou esta quinta-feira à Cidade da Praia, retomou os contatos personalizados nas diferentes localidades dos três municípios da ilha. Participaram vários grupos de ativistas que estão agora mais moralizados depois do comício da noite de quarta-feira, que contou com uma grande moldura humana e que serviu para retemperar forças nesta última semana da campanha, visando o sprint final, tendo em vista o pleito eleitoral de 17 de outubro.

Contrariamente ao anunciado, o candidato presidencial Hélio Sanches não chegou ao Fogo hoje. permaneceu em campanha nas ilhas de São Vicente e Santo Antão. Os restantes concorrentes à chefia de Estado de Cabo Verde, designadamente Fernando Rocha Delgado, Gilson João dos Santos Alves, Joaquim Jaime Monteiro e Casimiro Jesus Lopes de Pina, continuam fora da campanha nos círculos eleitorais de Fogo e Brava.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project