NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo/Dia do Município: Manu Lima, BIG-Z Patronato e Nelson Freitas arrastaram multidões para o Presídio 01 Maio 2022

A Praça do Presídio registou, na noite do dia 30 de Abril a sua maior enchente nesta edição 2022 das festividades do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe, não obstante o preço inflacionado dos bilhetes.

Fogo/Dia do Município: Manu Lima, BIG-Z Patronato e Nelson Freitas arrastaram multidões para o Presídio

Segundo revelou a Inforpress, inicialmente, os bilhetes começaram a ser vendidos por 1.500 escudos e ao meio da tarde o preço passou para 2.000 escudos, o que originou muita crítica nas redes sociais, mas nem por isso impactou negativamente a entrada no recinto que estava “praticamente cheio.

Manú Lima, da banda Cabo Verde Show, cativou o público presente com interpretação de vários temas deste agrupamento musical, seguindo depois BIG-Z Patronato que levou ao delírio os seus fãs que acompanhava o artista na interpretação das suas músicas.

Outros artistas passaram pelo palco das principais actividades culturais do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe, como Toni Fika, Buguin Martins, Gama, Junne Freedon (artista foguense radicado nos Estados Unidos da América) e Nelson Freitas.

A festa prolongou-se pela madrugada e ainda por volta das 08:00 de hoje, quer nas proximidades do Presidio, como nos bairros de Santa Filomena, Congresso e outros, registava-se movimentações de jovens que regressavam do Presídio, num clima de festa só comparado com o período anterior à pandemia.

Segundo a mesma fonte, a satisfação não se resumia apenas aos festivaleiros, mas também aos pequenos operadores económicos, quer no interior, quer no exterior da Praça do Presídio e nos bares e restaurantes localizados nas proximidades.

Alguns deles, contactados pela Inforpress, classificaram a quarta noite como a melhor de todas até este momento em movimento de pessoas nas suas barracas e nas vendas, contrastando com as duas primeiras noites em que praticamente não venderam.

Muitas pessoas tiveram de deixar as suas viaturas a uma distância considerável do local do baile, porque os espaços para estacionamento na parte baixa eram insuficiente para um número de carros nunca dantes vistos.

Descreve a Infrpress que, no interior do Presídio, além da equipa de segurança privada, era visível a presença de agentes da Polícia Nacional, garantindo a segurança e a ordem no espaço, mas também equipa de saneamento na recolha, quase em tempo real, de garrafas e copos de plásticos, já que não foi permitido a venda de bebidas em garrafas de vidros.

Hoje, dia dedicado ao Santo Filipe, primeiro nome atribuído à ilha do Fogo, foi de alvorada com música, tambores e foguetes, tendo o grupo de tamboreiros e coladeiras saído da Casa das Bandeiras para a primeira corrida no Alto de São Pedro.

Seguiu-se a celebração da missa e procissão, almoço dos cavaleiros e convidados e, logo mais à tarde, realizam-se as cavalhadas com provas de perícia, antes da passagem da bandeira para o festeiro de 2023.

Para fechar as festividades do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe, edição 2022, realiza-se a quinta e última noite do baile no Presídio, com Yola Semedo, Bulimundo, Kinzin – artista da ilha residente nos Estados Unidos da América, Ader Pina & C Montana, Blessed & Tylores, Nelson Júnior e Kelly.

Não há registos incidentes, embora algumas pessoas, sobretudo jovens, tenham sido conduzidas à esquadra policial, refere a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project